Motorola Moto E6s: detalhes para conferir antes de comprar

0 Compartilhamentos
0
0
0

Se você está cogitando a ideia de adquirir um Motorola Moto E6s, detalhes técnicos são extremamentes importantes para que essa seja uma decisão certeira.

Pensando nisso, neste texto, você vai poder conferir informações sobre o aparelho que chegou ao Brasil no final de março de 2020. Continue a leitura para saber mais do design até as atualizações previstas para esse modelo!

Motorola Moto E6s: ficha técnica

Design

Disponível em quatro cores (azul navy, pink, vermelho magenta e cinza titanium), a estética do Moto E6s atrai a um primeiro olhar graças ao ar leve, fino e moderno que o aparelho apresenta. Com um efeito gradiente na parte traseira, as tonalidades escolhidas para ele se tornam ainda mais charmosas.

Na parte frontal, a tela ultrawide Max Vision de 6,1’’, resolução de 1560 x 720 pixels e proporção de 19,5:9 se estende de ponta a ponta e esbanja um design que garante o conforto durante a usabilidade. Também é possível notar a câmera frontal.

Na traseira do aparelho está o sensor de impressão digital que possibilita o desbloqueio instantâneo do smartphone, assim como as duas lentes da câmera que o integram e o flash — falaremos deles em breve.

Pesando 160g, o Moto E6s tem 155,6 mm de altura, 73 mm de largura e 8,5 mm de profundidade. Além disso, é possível notar ainda as entradas micro USB e para fone de ouvido.

Processador

Quando o assunto é sistema operacional, o Moto E6s traz o Android 9, intitulado Pie. Lançado em 2019, ele foi o responsável por inovar em funções que, hoje em dia, são mais comuns, como otimização do uso da bateria e navegação por gestos.

Ao passo que o processador que acompanha o aparelho da Motorola é o Helio P22, Octa-Core de 2.0 GHz.

O modelo de chipset P22 da linha Helio, da empresa MediaTek, tem entre um dos maiores diferenciais a litografia usada na fabricação do componente. Com um chip fabricado a 16nm, ele possibilita uma maior eficiência energética.

Formado por oito núcleos (octa-core), a velocidade máxima dele nesse aparelho é de 2.0 GHz.

Entre as diversas funcionalidades que esse processador permite, uma delas é a diminuição na perda de qualidade quando o usuário utiliza o zoom digital, além de um foco automático mais ágil e uma biometria eficiente.

Imagem do processador Helio P22, Octa-Core, de 2.0 GHz.
Imagem do processador Helio P22, Octa-Core, de 2.0 GHz . Foto: Reprodução/Motorola.

Armazenamento, memória RAM e conectividade

Um dos lados positivos do Moto E6s são as duas opções de armazenamento e memória RAM, responsáveis, respectivamente, pelo armazenamento de arquivos e por interferir na agilidade do aparelho — quanto maior, melhor.

Nos aparelhos de 32 GB, cujo espaço realmente disponível para o usuário é de 21 GB, a memória RAM é de 2 GB. Enquanto que nos de 64 GB, com espaço livre de 51 GB, a RAM é de 4 GB.

Além disso, o aparelho também apresenta as conectividades clássicas que se espera de um celular intermediário, como Bluetooth e Wi-Fi.

Listas das conectividades disponíveis no Moto E6s.
Listas das conectividades disponíveis no Moto E6s. Foto: Reprodução/Motorola.

Sobre o armazenamento

O armazenamento total indicado, também chamado de ROM, diz respeito à capacidade física total do circuito de memória existente no dispositivo. O armazenamento interno disponível para o usuário é inferior, pois retira-se o espaço necessário pelo sistema operacional para funcionamento do smartphone, deixando o restante para aplicativos, conteúdos, dados instalados, etc.

Bateria

Outro ponto a se considerar, é a bateria. Removível, ela é de 3.000 mAh e acompanha um carregador de 10W, que faz com que o aparelho leve quase 3 horas para chegar a 100%. Em 15 minutos na tomada, cerca de 9% da bateria é recuperada. A quantia não permite nem 1 hora de uso. 

Em uma rápida pesquisa na internet, lendo os comentários, é possível notar que esse é um dos pontos que mais desagradaram aqueles que optaram pelo Moto E6s.

Câmera e áudio

Se a bateria deixa a desejar, o sistema de câmera dupla vem para trazer um certo alívio, ainda que esteja longe da perfeição.

Com uma abertura focal que colabora na hora de diminuir o problema de fotos estouradas durante o uso do modo retrato, aqui o hardware foi bem ajustado para proporcionar fotos de qualidade.

Nos dias de sol, você vai encontrar um balanço entre luz, cores e nitidez satisfatório utilizando a câmera traseira de 13 MP. Só não espere a mesma coisa quando for fazer registros noturnos.

Imagem das câmeras traseiras, assim como da frontal, do Moto E6s.
Imagem das câmeras traseiras, assim como da frontal, do Moto E6s. Foto: Reprodução/Motorola.

A câmera secundária de 2 MP fica responsável apenas na hora de proporcionar o desfoque de fundo. Já no momento de fazer as clássicas selfies, o E6s também exige uma boa iluminação. A qualidade da lente de 5 MP se perde durante à noite. 

Por fim, na hora de realizar vídeos, apesar da gravação ser em Full HD, a qualidade é baixa e a captura de áudio é apenas mono. Por falar nele, o celular conta com alto-falantes e uma saída de 3,5mm.

Atualizações

Uma das grandes preocupações de quem cogita adquirir esse aparelho, sem dúvidas, são as possibilidades de atualizações que chegarão até ele. Como você já sabe, o aparelho possui o Android 9, o Pie.

Acontece que ainda não existem projeções de quando uma nova versão do sistema chegará até o smartphone (ou até se ele vai recebê-las, de fato). A partir dessa perspectiva, ele pode parecer ainda mais obsoleto, se considerarmos que a Google já lançou a versão 12 do Android.

Moto E6s: vale a pena?

Entre os pontos fortes, vale ressaltar o leitor biométrico, a tela de boa qualidade, o design e as câmeras, que permitem registros decentes. Já se pensarmos no que há de negativo, a versão do Android que o acompanha acaba por ter um peso considerável, assim como o tempo de recarga.

Preço

Há ainda a questão do valor. Os preços podem chegar a R$ 700,00, mas também a mais de R$ 1.000,00, dependendo da capacidade de armazenamento do celular. Para quem procura por um modelo compacto e não é tão exigente em relação às funções, essa opção pode ser uma excelente alternativa. 

Ao passo que é possível, atualmente, encontrar smartphones em torno ou acima dos R$ 1.000,00 com atributos mais evoluídos.

O fato é que a única resposta possível para essa pergunta é: depende! Se você não estiver procurando por um aparelho intermediário de excelente desempenho, se contentando com funcionalidades que não exigem muito, como acessar às redes sociais, você ficará contente.

E se você chegou ao final deste texto, saiba que no site Opiniões Certificadas você pode conferir o review de muitos outros eletrônicos, inclusive de outros modelos de celulares. Para conferir alguns deles, é só clicar aqui.

Imagem de capa: Reprodução/Amazon.

Atualizado em 2024-05-21 / Links afiliados (Affiliate links) / Imagens de Amazon Product Advertising API

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *