skip to Main Content
Como Cuidar De Gatos: Gata Tricolor Recebendo Carinho Do Seu Tutor

Como cuidar de gatos: o guia definitivo para o bem-estar do seu felino

Quando você aprende como cuidar de gatos, melhora a qualidade de vida deles e, por consequência, a sua. Para uma convivência harmoniosa entre tutor e animal, você precisa desenvolver habilidades para lidar com ele, o que significa compreender seus gostos e medos; ser atencioso, mesmo que seja para oferecer apenas o seu tempo; e se entregar, abrindo mão da posse para abraçar de vez o relacionamento. 

Compreender como o seu gato se comporta, se gosta ou não de colo, onde prefere receber carinho, qual alimento e brincadeira prefere e qual é a sua rotina é o segredo para que ele se torne confiante, consiga expressar seu instinto felino e tenha carinho e respeito pelo tutor. 

Neste guia, você vai encontrar informações fundamentais para que a convivência com o seu gatinho seja a melhor possível, incluindo dicas de produtos de higiene e saúde, alimentação e diversão. Vamos lá? 

Higiene e saúde

Gato feliz é gato saudável! Tutores responsáveis compreendem a importância de cuidar da saúde dos felinos, oferecendo alimentos balanceados, água fresca, caixa e areia sanitária limpas, administrando medicamentos e levando-os ao veterinário anualmente. 

Antipulgas

No quesito saúde, é importante fazer o controle de pulgas. Sim, gatos podem ser infestados por esses parasitas de diversas formas: em um passeio, na ida ao veterinário e até pelas roupas de humanos. 

A melhor forma de colocar um fim à infestação é utilizar um antipulgas transdermal, que é aplicado na cabeça do gato, diretamente na pele, afastando os pelos. O mais eficiente deles é o Bravecto, que tem longa duração e promete eliminar pulgas por até 12 semanas.

O Bravecto teve sua eficiência comprovada por estudo científico. O medicamento possui o fluralaner na composição, um ingrediente com ação antiparasitária, eficaz contra pulgas e carrapatos, que se alimentam do sangue do gato. 

Funciona assim: depois de aplicado, o remédio cai na corrente sanguínea. Então, os parasitas ingerem o princípio ativo, que inibe partes do sistema nervoso, causando paralisia e morte. 

O antipulgas começa a agir duas horas após a administração e atinge sua máxima eficácia dentro de oito horas, para pulgas, e 12 horas para carrapatos. 

Bravecto para gatos: antipulgas de longa proteção. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Pelos e unhas

A escovação deve ser um momento prazeroso para o gato, por isso escolha uma escova macia, mas que também retire boa quantidade de pelo em poucas passadas. 

Entre os modelos de escova para gatos, existem as tradicionais rasqueadeiras, que têm dentes um pouco mais rígidos, mas desembaraçam bem e removem os pelos mortos; e as que são dupla face, com cerdas de pelo e de aço inox, e que são mais macias.

Escovar um gato tem seus truques e o principal é: sempre faça associações positivas. Seja com um petisco, um alimento úmido, um carinho ou uma brincadeira. Além disso, escolha um lugar confortável e não tente conter o gato, forçando a escovação. Apresente a escova para ele cheirar, comece escovando pela cabeça, nas bochechas e no pescoço e depois passe em direção à cauda. 

Dúvidas sobre a frequência da escovação? Olha só: 

  • Gatos de pelo longo: diariamente ou três vezes por semana
  • Gatos de pelo curto: uma vez por semana ou a cada 15 dias
Escova para gatos: escolha um modelo macio e com duas faces. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Os gatos podem ter as unhas cortadas, mas existem alguns passos para que dê tudo certo. O primeiro deles é ter um cortador especial. Os comuns, utilizados por humanos, podem trincar as garras e provocar feridas – não os utilize.

O segundo passo é fazer com que o gatinho permita ter as unhas manuseadas. O ideal é acostumá-lo desde filhote, mas se ele já for adulto, a dica é associar o momento a algo prazeroso para ele, como um alimento. Dê petisco quando estiver aparando as unhas.

Uma dica importante é cortá-las sempre na diagonal para que não percam o formato de garra e nem a capacidade de arranhar. Repita a cada 15 dias, em média. 

Cortador de unha para gatos: apare as garras a cada 15 dias. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Caixa de areia

Caixa de areia, comida, um lugar para dormir e tempo para brincar. Esses quatro elementos são a base de um dia do gato, e, convenhamos, não são difíceis de providenciar.

Dentre todos, a caixa de areia é um dos assuntos mais sérios, pois quando mal administrada induz a problemas de comportamento na eliminação. O fato é que os felinos precisam se sentir seguros e confortáveis ao usar o banheiro, o que nos leva a algumas recomendações:

Tenha uma caixa por gato + 1

Especialistas indicam fortemente que haja uma caixa de areia para cada gato, mais uma extra. Se você tem um gato, tenha duas caixas; dois gatos, três caixas, e assim por diante. 

Espalhe as caixas pela casa

As bandejas sanitárias não devem ficar lado a lado no mesmo cômodo. Lembre-se que a caixa é um marcador de cheiro para o seu gato, que mostra que ele mora ali e vive em segurança. As caixas devem ficar no melhor lugar para ele, e não para você. 

Escolha um tamanho adequado

As dimensões da caixa de areia dependem do tamanho do seu gato. O ideal é que ele consiga dar uma volta completa na bandeja sem precisar sair dela. Caixas com as laterais mais altas evitam que a areia seja jogada para fora e fazem menos sujeira no chão, embora possam ser de difícil acesso para filhotes, gatos idosos ou com limitações de movimento. 

Mantenha a caixa limpa

Gatos gostam de banheiro limpo, por isso retire torrões e cocôs diariamente, duas vezes ao dia. Uma vez por semana, lave a caixa com água e sabão, e uma vez por mês (em média) substitua a areia por uma nova. 

Aviso importante: a caixa não vai durar para sempre. Quando perceber que o fundo da bandeja está bastante arranhado, é hora de substituí-la, pois bactérias podem se acumular nas ranhuras. 

como cuidar de gatos caixa de areia
Bandeja higiênica para gatos: laterais altas e tamanho adequado. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Granulado sanitário

O mercado disponibiliza três tipos de areias sanitárias para gatos: biodegradáveis, absorventes e aglomerantes. Veja a diferença entre eles:

  • Biodegradáveis: produzidos a partir de vegetais e cereais, formam torrões. São produtos mais naturais e que podem ser descartados no vaso sanitário. Têm a característica de reter bem os odores.
  • Absorventes: absorvem o xixi sem formar torrões. Geralmente, os granulados desse tipo mudam de cor quando estão “encharcados”, sinalizando o momento da troca. 
  • Aglomerantes: criam torrões e são os mais populares entre os gateiros. Algumas versões são mais potentes e fazem torrões firmes e que raramente desmancham. O ponto negativo é a formação de lama. 

Conheça, agora, as matérias-primas mais comuns das areias sanitárias:

Sílica

Em formato de cristais ou bolinhas, a sílica entra na categoria de granulados absorventes. É um material que absorve muito bem a umidade, retém o cheiro de xixi por completo e tem alta durabilidade

Como o xixi é absorvido pelos cristais, basta apenas recolher o cocô diariamente. Em algumas marcas, a sílica muda de cor quando fica suja, funcionando como um indicador de que é hora de trocá-la. 

Areia de sílica para gatos faz mal? Existem muitas discussões sobre o assunto, especialmente pela sílica ser um composto químico, não encontrado na natureza. 

Esse tipo de areia sanitária pode se tornar um grande problema em caso de ingestão. Se você quer começar a utilizar a sílica, faça um teste e fique de olho em como seu gato vai se comportar.

como cuidar de gatos granulado sanitário sílica chalesco
Sílica: cristais absorvem xixi e eliminam odores. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Bentonita

É uma argila com ótimo poder absorvente e grãos finos. Forma torrões firmes, o que facilita a remoção dos dejetos. Retém bastante os odores e tem preço um pouco mais elevado – mas vale a pena. 

É o tipo ideal para quem mora em apartamento e precisa controlar o cheiro de xixi. 

como cuidar de gatos granulado sanitário argila bentonita progato super premium
Argila bentonita: forma torrões firmes. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Granulado de madeira

É durável, biodegradável e tem bom controle de odores. Por ser de madeira, não forma lama (como acontece com a argila) e nem produz poeira. 

Como ponto negativo, é a que menos se assemelha às condições naturais de eliminação dos felinos, o que pode trazer certas dificuldades no uso da caixinha sanitária. Ao ar livre, eles procuram superfícies com terra e areia – dois materiais finos e confortáveis para as patinhas – para fazer xixi e cocô; assim, quanto mais finos forem os granulados, melhor. 

como cuidar de gatos granulado sanitário de madeira
Granulado de madeira: ótimo controle de odores. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Granulado de cereais

É um produto natural, atóxico, biodegradável e composto por cereais. Tem alta absorção da urina, formando torrões firmes, sem utilizar grande quantidade de produto, que podem ser descartados no vaso sanitário

O único porém desse tipo de granulado, e que é alertado pelos fabricantes, é que os gatinhos podem comê-lo, por se tratar de cereais. Se esse comportamento não cessar, é recomendado interromper o uso do produto. 

como cuidar de gatos granulado sanitário de cereais katbom
Granulado de cereais: torrões podem ser descartados no vaso sanitário. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Argila esmectita

É o tipo mais comum e também o mais barato. Forma torrões, mas o poder de absorção da urina e dos odores não é tão eficaz quanto o granulado de bentonita, que tem textura semelhante. O ponto negativo é a formação de lama e de poeira.

como cuidar de gatos granulado sanitário de argila esmectita pipicat
Argila esmectita: a mais barata do mercado. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Alimentação

Os gatos são animais carnívoros e fazem várias pequenas refeições por dia. Em média, eles precisam de 60 a 80 calorias por quilo ao dia para se manter. 

Em casas multicat, a recomendação de especialistas é que cada um tenha a sua tigela de comida. Até porque, na natureza, gatos não dividem a sua caça, sendo assim a maioria não vai querer compartilhar o pote de ração.

Comedouros 

Muitos felinos não gostam da sensação dos bigodes (vibrissas) encostando nas laterais do pote. Por isso, dê preferência a tigelas rasas. O comedouro deve ser colocado em um local seguro, o que significa posicioná-lo em uma área onde o gato consiga comer em paz e ainda observar idas e vindas de outros animais. 

Os comedouros para gatos mais indicados têm superfície lisa e fácil de limpar, como aço inox e cerâmica. Esses dois materiais evitam acúmulo de sujeira e proliferação de bactérias, que prejudicam a saúde do animal, causando alergias e acne felina. As tigelas de plástico são mais baratas, mas são as menos recomendadas.

O que levar em consideração ao comprar um comedouro para gatos:

  • Altura: o modelo de comedouro elevado proporciona postura mais confortável e facilita a digestão. O gato pode comer sentado ou em pé.
  • Diâmetro: tigelas estreitas não são indicadas, pois os gatos se incomodam quando os bigodes tocam nas bordas. Prefira os potes de boca larga e em formato côncavo.
  • Profundidade: algumas raças, como o persa, têm focinho curto e não alcançam o fundo do pote sem encostar os bigodes na borda. Prefira as tigelas rasas. 

Comedouro interativo

Se o seu gato come como se não houvesse amanhã, experimente servir a comida nos comedouros interativos (também conhecidos como comedouros lentos), que têm barreiras que fazem eles se esforçarem mais para pegar a ração. 

como cuidar de gatos comedouro interativo ou comedouro lento
Comedouro lento: barreiras fazem o gatinho comer devagar. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Comedouro elevado

Nos comedouros tradicionais, o gato se vê obrigado a flexionar as patinhas e curvar a coluna para alcançar a ração. Nessa posição, o estômago sofre uma pressão desnecessária, o que tende a prejudicar a digestão, causando refluxo, vômito, gases e mal-estar.  

Quando elevamos a tigela para a altura dos cotovelos do gatinho, ele come em uma posição mais confortável, sem precisar agachar e inclinar a cabeça, mantendo estômago, esôfago e boca alinhados.   

como cuidar de gatos comedouro elevado pet games
Comedouro elevado: posição mais confortável. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Comedouro de porcelana

Que tal combinar o modelo de comedouro elevado com a porcelana, um material de superfície lisa, durável e fácil de limpar? A base é de acrílico resistente, e o bowl, de porcelana de boca larga. As laterais abauladas não deixam os grãos de ração ficarem presos nos cantinhos. 

como cuidar de gatos comedouro elevado com tigela de porcelana
Comedouro elevado de porcelana: tigela rasa de bordas abauladas e boca larga. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comedouro e brinquedo

Dificulte um pouco as coisas para o seu gato e insira uma novidade na rotina, como o comedouro bolinha. Ele é um dos instrumentos utilizados para o enriquecimento ambiental, pois tira a previsibilidade da alimentação e é antiestresse.

É bem simples de usar: coloque petiscos dentro da bolinha e apresente para o gatinho. Você também pode utilizar ração seca, mas ele pode não se interessar tanto, principalmente quando o alimento fica o dia todo à disposição dele. 

como cuidar de gatos comedouro bolinha e brinquedo
Comedouro e brinquedo: ferramenta de enriquecimento ambiental. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Ração seca

Gatos precisam de nutrientes para sobreviver, entre proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas, minerais e água. A ração seca ideal será aquela que entregar todos eles na proporção certa. 

São três tipos de rações para gatos com preços e composição diferentes: standard, premium e super premium.

Ração standard

É a mais popular e também a mais barata. No entanto, apresenta proteínas de qualidade inferior às demais rações e contém maior quantidade de conservantes e corantes. Se puder, evite.

Ração premium

O tipo premium tem o melhor custo-benefício do mercado. O alimento é composto pelos nutrientes essenciais e é balanceado para atender todas as fases da vida do seu gato: filhote, adulto (inclusive castrado) e idoso. 

como cuidar de gatos ração premium golden
Ração premium: melhor custo-benefício. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Ração super premium

É a ração mais indicada por veterinários por conter 100% de proteína animal de fácil absorção e alta saciedade. Os alimentos super premium são enriquecidos com vitaminas, minerais e ácidos graxos essenciais, que proporcionam pelagem bonita e trato urinário saudável, além de reduzir o odor das fezes. 

como cuidar de gatos ração super premium premier
Ração super premium: gato bonito e saudável. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

A escolha do melhor alimento para o seu gatinho deve ser feita sob orientação do veterinário, que vai calcular as necessidades diárias de calorias e nutrientes conforme o estilo de vida e a saúde do animal. 

Ração úmida

A ração úmida (os populares sachês) deve, sim, fazer parte da alimentação diária dos bichanos. Ela pode até se tornar a única fonte de alimento do seu gato, dispensando a ração seca. 

As latinhas e os sachês são ricos em água e, por isso, se assemelham muito à alimentação que seria ideal para um felino doméstico. 

Enquanto na natureza eles faziam parte da ingestão hídrica ao devorar uma presa, a domesticação fez com que os felinos deixassem de caçar e passassem a ingerir basicamente ração seca, que tem baixo teor de água. 

Tutores responsáveis sabem que um gato que bebe pouca água pode estar mais propenso a desenvolver doenças urinárias e renais. 

como cuidar de gatos ração úmida sachê friskies
Ração úmida Friskies: alimento palatável e rico em água. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Petiscos

Embora os gatinhos adorem petiscos, os tutores devem reservar esse alimento para sessões de adestramento, na socialização com humanos ou outros felinos e para momentos de recompensa, como em uma brincadeira.

Os petiscos podem ser oferecidos diariamente, desde que em pequenas quantidades. Para saber o limite de ingestão diária, leia o rótulo do produto. 

como cuidar de gatos petisco antibola de pelo whiskas
Petisco Whiskas: para brincadeiras e adestramento. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Grama para gatos

As gramíneas, como as de trigo, de pipoca e o alpiste, são benéficas para a saúde dos gatos. Por serem ricas em fibras, elas auxiliam na expulsão de bolas de pelo que se formam no estômago, que causam incômodo e vômito. 

Além de auxiliarem no trânsito intestinal, as graminhas funcionam como petiscos saudáveis, estimulam o olfato, relaxam e distraem os gatos. 

Você pode plantar a grama em casa, utilizando substrato, milho de pipoca (não vale o de micro-ondas) e um vasinho; comprar a graminha já crescida e pronta para consumo; ou optar pela semente plantada e esperar brotar. 

como cuidar de gatos graminha
Graminha para gatos: trato intestinal saudável. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Fonte

A ingestão de água é um assunto de extrema importância para tutores de felinos. Uma das formas de estimular a hidratação é oferecer uma fonte, que simula a condição que os gatos tinham na natureza para se hidratar: água corrente.

Se o seu gatinho pede para tomar água da torneira, a adaptação para o uso da fonte será bem mais fácil, caso contrário você precisará encorajá-lo aos poucos a experimentar a novidade. Encha o reservatório de água e deixe a fonte desligada por 24 horas. No dia seguinte, coloque na tomada para que ele vá se familiarizando com o movimento da água. 

A quantidade de água que um gato deve beber varia de acordo com dieta, peso e condição de saúde. O tipo de alimentação diz muito sobre isso. Rações secas têm, geralmente, 10% de água, já os sachês são formados por até 80% de líquido. Em geral, os felinos devem beber 60 ml de água por quilo de peso por dia.

como cuidar de gatos fonte para gato beber água
Fonte para gatos: hidratação levada a sério. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Bem-estar e diversão

Já bem alimentado e hidratado, seu gato agora quer diversão. “Ah, mas meu gato não gosta de brincar!” Nada disso, pois todos brincam, cada um do seu jeito, e você precisa entender qual o estilo de brincadeira que ele gosta. 

Para alguns, pode ser apenas observar atentamente o mosquitinho na parede, outros já gostam de agitação, de pular e correr pelo ambiente. Entenda o seu gato e dê o que realmente ele gosta.  

Brinquedos

Gatos precisam gastar energia e a melhor forma de fazer isso é brincando. Os melhores brinquedos são aqueles que estimulam o instinto de caça, fazendo-o pular, correr, lamber e morder a presa.

Todo gateiro sabe que eles não são animais exigentes quando o assunto é brinquedo. Uma simples bolinha de papel é capaz de despertar o interesse por vários minutos, assim como uma meia usada recheada com catnip.

Brinquedo com catnip

Catnip (Nepeta cataria) é uma planta aromática que instiga os gatos. Não é alucinógena e nem cria dependência, portanto, libere a erva para o seu gato!

A versão desidratada da planta é encontrada em brinquedos de pelúcia. Seu gatinho irá cheirar, brincar de lutinha e rolar no chão ao contato com a erva. O efeito dura alguns segundos, mas saiba que nem todos respondem aos efeitos da Nepeta cataria.

como cuidar de gatos brinquedo com catnip
Brinquedo com catnip: planta instiga os gatos. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Varinhas

As varinhas são brinquedos ideais para desafiar e entreter. Elas estimulam os bichanos a executarem o comportamento de caça, natural entre os felinos na natureza.

A brincadeira exige supervisão do tutor e fica ainda mais divertida quando a varinha simula um pássaro. Faça movimentos no chão e no ar e, quando ele tentar capturá-la, deixe a ‘presa’ escapar e recomece.

como cuidar de gatos varinha para brincar com gatos
Varinha: brinquedo estimula instinto caçador. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Parquinho

A verticalização ajuda a criar uma convivência mais harmoniosa entre humanos e gatos. Criar caminhos para que eles acessem os pontos mais altos da casa os torna mais confiantes e exploradores, o que acaba reduzindo estresse e agressividade, fazendo com que eles possam expressar todo o seu carinho aos tutores.

Os espaços verticais são construídos a partir de prateleiras, nichos, pontes, camas e arranhadores. O importante é definir um fluxo de tráfego, criar refúgios e rotas de fuga para que ele não se sinta encurralado. 

como cuidar de gatos parquinho e móveis de verticalização
Parquinho para gatos: verticalização em nível máximo. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Arranhador

Para criar um ambiente estimulante para o seu gato, não se esqueça do arranhador de papelão ou de sisal. Arranhar é uma necessidade felina, pois é assim que eles alongam os músculos, se livram de unhas soltas, desestressam e demarcam território com seu cheiro. 

Mesmo gostando de afiar as unhas nos seus próprios pertences, os gatos adoram arranhar também tudo o que tenha o cheiro dos donos, o que inclui roupas (calças jeans, especialmente), poltronas, sofás e tapetes. Com esse comportamento, eles misturam o cheiro deles com o dos tutores, indicando que aquele espaço é compartilhado.

Para reduzir os danos nos móveis, o caminho é ter um arranhador feito com um material que agrade o seu gato. Pode ser papelão, sisal, juta, cortiça ou carpete. Se não souber qual oferecer, tente duas opções diferentes e veja qual ele escolhe. 

Arranhador de papelão

Em geral, o papelão vence a preferência por ser um material leve e macio. Na hora de comprar, preste atenção na qualidade para não ter papel espalhado pela casa toda!

como cuidar de gatos arranhador de papelão
Arranhador de papelão: os gatos adoram a textura do material. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Arranhador de sisal

Gatos também amam afiar as unhas em cordas de sisal, mas geralmente os arranhadores desse material são grandes e não cabem na realidade de pequenos apartamentos.

A saída é instalar um modelo vertical e fixá-lo na parede. Assim, você poupa espaço em casa e ainda oferece um ótimo aparelho para as sessões de alongamento do seu felino. 

como cuidar de gatos arranhador vertical de sisal
Arranhador de sisal: modelo vertical é fixado na parede e poupa espaço. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Caixa de transporte

Outro acessório essencial para cuidar de gatos, a caixa de transporte é um item de segurança para uma viagem ou uma ida ao veterinário. Encontramos versões em plástico e tecido, no tradicional formato retangular e também de bolsa e mochila, com medidas próprias para irem na cabine do avião

como cuidar de gatos caixa de transporte
Caixa de transporte: segurança para o passeio. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

Seu gatinho tem medo da caixa de transporte? Isso pode ser decorrente de uma associação a algo negativo, e o seu papel como tutor é transformar a caixinha em um refúgio, onde ele se sentirá seguro e confortável. 

Veja como é simples fazer seu gatinho perder o medo da caixa de transporte!

Caminha

Embora os gatos não tenham a menor cerimônia em deitar em qualquer lugar da casa, eles merecem ter o seu próprio cantinho de descanso. As caminhas estão aí para isso!

Gatos domésticos precisam viver em um ambiente estimulante e com espaços para que possam expressar seus instintos, deixar seu cheiro e demarcar território, como se dissessem “eu moro aqui”. 

Ao escolher uma cama para o bichano, a dica é procurar um modelo que seja fechado (no estilo toca), mas que tenha duas aberturas para que ele possa sair sempre que se sentir encurralado. 

como cuidar de gatos caminha estilo toca
Toca com duas aberturas: refúgio para o gato. Imagem: Reprodução/Amazon

Comprar na Amazon

Comprar na Americanas.com

O nosso guia de como cuidar de gatos foi útil para você? Seja um tutor responsável e auxilie outros gateiros a proporcionar qualidade de vida aos felinos, enviando o conteúdo para quem você conhece! 😻

Quer aprender mais? Clique aqui e confira todos os conteúdos sobre gatos!

Carla Guedes

Carla Guedes

Jornalista, esportista e apaixonada por corrida. Gosta de gatinhos, política e aventuras em montanhas.

Este artigo tem 3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top