skip to Main Content
Taça De Gin Tônica Com Morango, Hortelã E Pepino.

Tentando decidir qual gin comprar? Conheça 20 rótulos!

Procurando por uma bebida refrescante, com baixa caloria, zero açúcar e extremamente versátil? Aposte no gin! Conheça 20 rótulos que fazem sucesso no Brasil e saiba qual gin comprar, além de conferir detalhes como teor alcoólico e os ingredientes que compõem cada uma das nossas indicações.

História do gin

O que era para ser um remédio, se tornou um dos destilados mais queridos do mundo. De origem holandesa, o gin foi criado inicialmente para ser uma espécie de tônico resultante da mistura do zimbro ao destilado de cereais como trigo, cevada e milho.

No século XVII, acreditava-se que a mistura possuía propriedades diuréticas, anti-inflamatórias e digestivas.

As bebidas da época eram apenas cerveja e vinho. De repente, o gin começou a tomar conta de diversos pubs. No livro Gin, publicado em 2003, Patrick Dillon escreve que a bebida “[…] era vendida por tintureiros, carpinteiros, jardineiros, barbeiros e sapateiros”.

Durante a Guerra dos Trinta Anos, o gin era o melhor amigo dos soldados ingleses, pois espantava o frio e a tristeza.

Em 2018, a bebida apresentou o maior ganho no consumo global de bebidas alcoólicas com um aumento de 8,3% no mundo todo, em comparação a 2017. Aqui no Brasil, existem diversos bares especializados no preparo de drinks com a bebida, especialmente em São Paulo (SP). 

Mas afinal, qual gin comprar?

Chegou a hora de conhecer algumas das marcas que fazem sucesso nesses locais, assim como os melhores gins que elas possuem, mas que você também pode ter na sua casa para aproveitar da forma que preferir!

1. Gin Tanqueray

Um clássico quando o assunto é gin! Com certeza, você já ouviu falar do Tanqueray. Ele leva o nome do próprio criador, Charles Tanqueray, e resulta de uma mistura de botânicos, como zimbro, coentro, alcaçuz e raiz angélica. Porém, a receita completa é um segredo.

Criada em 1830 na Bloomsbury, Inglaterra, os bombardeios das tropas alemãs em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, praticamente destruíram as instalações da Tanqueray, em Londres. Conta a história que só um dos alambiques de destilação, nomeado de “Old Tom”, sobreviveu. A fábrica só seria reaberta em 1957.

Contudo, a partir de 1989, a fábrica londrina fechou as portas e foi transferida para a região de Essex e, tempos depois, para Cameron Bridge, na Escócia. É de lá que saem as notórias garrafas verdes (inspiradas em coqueteleiras clássicas) com o brasão da família em vermelho e demais variações do rótulo.

Há anos, ele é um dos gins mais consumidos nos Estados Unidos. Atualmente, também está conquistando os brasileiros — especialmente, devido ao clima quente. Na pesquisa Drinks International 2019, foi eleito o gin mais querido dos bartenders.

Teor alcoólico: 47,3%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Tanqueray
Ingredientes: álcool etílico de cereais retificado, água, extratos naturais de bagas de zimbro e outras substâncias aromáticas.
Volume: 750 ml
Fabricante: Diageo
Porção recomendada: 50 ml
Tipo de vedação: Screw Cap
Referência do fabricante: GI0006
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 4,54 kg
Dimensões do produto: 7,4 x 14,4 x 32,8 cm

2. Gin Bombay Sapphire

Outro gin de garrafa elegante é o Bombay Sapphire, cuja cor azul remete, propositalmente, a uma safira. 

Se você ficou curioso para saber quem é a mulher estampada no rótulo da garrafa, saiba de antemão que é a Rainha Vitória, pois, assim como o Tanqueray, ele é originário da Inglaterra.

Em 1760, aos 24 anos, o jovem Thomas Dakin resolveu fundar a própria destilaria na cidade de Warrington. Uma colheita ruim permitiu que ele aprimorasse a receita doze meses depois. Passaram-se dois séculos e ela foi comprada pelo nova-iorquino Allan Subin, fundador da Bombay Sapphire Company.

Graças à infusão a vapor, o resultado é uma bebida versátil e cítrica, sendo que cada gota dela contém 10 diferentes tipos de botânicos: zimbro, alcaçuz, cubeba, raiz de angélica, amêndoa, coentro, casca de cássia, raiz de orris, casca de limão e grãos do paraíso.

O grande detalhe é que todos esses ingredientes são colhidos de forma sustentável e em diferentes partes do mundo.

Teor alcoólico: 47%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Bombay
Ingredientes: zimbro, casca de limão siciliano, grãos do paraíso, sementes de coentro, bagas de cubeba, raiz de lírio, amêndoa, cássia, alcaçuz e angélica.
Volume: 8,5 litros
Fabricante: Bacardi
Porção recomendada: a gosto
Tipo de vedação: Screw Cap
Província de produção: Escócia
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 8,5 kg

3. Gin Beefeater London Dry

Mais um gin inglês, porém com um teor alcoólico um pouco abaixo do que os outros dois apresentados anteriormente — mas tudo depende do país que você está. Em alguns lugares, como os Estados Unidos e a Nova Zelândia, é possível encontrá-lo com teor alcóolico de 47%.

A primeira destilaria onde o Beefeater seria produzido surgiu em Londres, às margens do rio Tâmisa, fundada por John Taylor e sua companheira, no ano de 1820. Não por acaso, por muito tempo o slogan mais emblemático da bebida foi a frase “This is my London”.

Mais de 40 anos depois, um empresário e farmacêutico, James Burrough, adquiriu a propriedade do casal. Não demorou muito para que ele descobrisse o poder da botânica na criação de bebidas destiladas.

O nome é uma referência a um acontecimento real. Em 1669, os soldados da Guarda Real Britânica foram chamados de Beef-Eaters (comedores de bifes) pelo Duque de Tuscany. Isso aconteceu porque a alimentação que eles recebiam diariamente eram pedaços suculentos de carne de vaca, “beef” em inglês.

Sem dúvidas, a realeza também provou e aprovou a bebida que, já no início do século XX, chegaria não só a outros países, mas a outros continentes. Contudo, o boom de vendas aconteceu após a Segunda Guerra Mundial.

Alguns ingredientes utilizados são gengibre, coentro romeno, amêndoas amargas, cascas de limão e laranjas espanholas.

Teor alcoólico: 40%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Beefeater
Volume: 750 ml
Fabricante: Pernod Ricard
Porção recomendada: a gosto
Referência do fabricante: 1570
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 848 g
Dimensões do produto: 7,4 x 14,4 x 15 cm

4. Gin Seagers

Se você acha que o Brasil não fabrica gins, está enganado! O Seagers é um gin seco fabricado pela destilaria Stock, sendo um dos melhores gins nacionais.

A fórmula foi importada da empresa londrina Seagers Evans Co. e está no Brasil há mais de 80 anos.

Com um valor mediano, se comparado a outros rótulos, ele é produzido a partir de destilação tripla e tripla filtragem. Na composição, há ingredientes como bagas de zimbro da Índia, lírio florentino do Marrocos e anis estrelado da China, entre outros. Um toque especial são as cascas de limão genuinamente brasileiro.

Teor alcoólico: 45,7%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Seagers
Volume: 980 ml
Fabricante: Seagers
Porção recomendada: a gosto
Unidade de álcool: 980 ml
Peso do produto: 850 g
Dimensões do produto: 7,4 x 14,35 x 15 cm

5. Gin Hendrick’s

Gin escocês inusitado e criado por uma mulher? Temos!

Composto de sementes, raízes, flores e frutos selecionados pela destiladora Lesley Gacie, os ingredientes que dão o toque especial ao Gin Hendrick’s, além do clássico zimbro, são as notas de rosas extraídas por meio da pressão do óleo das pétalas, e também os pepinos — não, você não leu errado.

Lançado em 1999, ele revolucionou as receitas de gin tônica, mostrando que, sim, nem só de limão vive o drink.

A garrafa preta e o rótulo do Hendrick’s possuem uma inspiração vintage e remetem aos frascos medicinais antigos. Em 2003, ele foi descrito como o “Melhor Gin do Mundo”, pelo jornal The Wall Street Journal.

Teor alcoólico: 41,40%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Hendrick’s
Volume: 700 ml
Fabricante: William Grant & Sons
Tipo de vedação: Cork
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 699 g
Dimensões do produto: 9 x 9 x 19,5 cm

 6. Gin Tanqueray Sevilla

Com sabor suave, essa versão do Tanqueray tem um toque especial: as laranjas Sevilla. Extremamente características, elas são capazes de proporcionar ao paladar o equilíbrio perfeito entre o amargo e o doce.

Ao lado das notas de tangerina e coentro, o Tanqueray Sevilla proporciona aos drinks sofisticação e refrescância, sendo perfeito para os dias de verão.

Essa nova fórmula tem como base o início da história da marca, já que o fundador, Charles Tanqueray, costumava usar as laranjas de Sevilha, região da Espanha, nas primeiras receitas do destilado.

Teor alcoólico: 41,3%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Tanqueray
Volume: 700 ml
Fabricante: Diageo
Unidade de álcool: 700 ml
Peso do produto: 1,25 kg
Dimensões do produto: 23,2 x 7,6 x 23,2 cm

7. Gin Larios

Por falar em Espanha, o Larios é um gin originário da terra das touradas. Ele começou a ser comercializado no Brasil no final de 2019 e é uma opção com excelente custo-benefício.

Criado em 1866, foi lançado oficialmente apenas em 1932. Em 2015, a bebida ganhou medalha de ouro da revista Drinks International.

O destaque fica para o rótulo 12, um gin premium destilado cinco vezes, enquanto as outras opções da marca passam por apenas quatro destilações.

Produzido com 12 botânicos, entre zimbro, sementes de coentro, noz-moscada e raiz de angélica, o toque especial e que dá citricidade à bebida é a flor de laranjeira.

Teor alcoólico: 40%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Tempo de envelhecimento em barril: 12 anos
Tipo de vedação: Screw Cap
Marca: Larios
Volume: 700 ml
Fabricante: Beam Suntory
Unidade de álcool: 700 ml
Peso do produto: 700 g
Dimensões do produto: 8,4 x 6,8 x 27,2 cm

8. Gin Roku

Produzido no Japão a partir da infusão de seis botânicos originários do país com a junção de mais oito botânicos tradicionalmente usados na produção dos gins, o Roku está entre os destilados que desembarcaram recentemente no Brasil.

Essa é mais uma excelente opção para quem gosta de um gin mais cítrico, já que, entre todas as camadas de sabor, o limão Yuzu se sobressai.

[Curiosidade] Cada botânico japonês representa uma estação: Folha de Sakura e Flor de Sakura lembram a primavera; Chá de Gyokuro e Chá Sencha, o verão; Pimenta Sansho, outono; e Limão Yuzu, o inverno.

Teor alcoólico: 43%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Tipo de vedação: Crown
Marca: Roku
Volume: 700 ml
Fabricante: Beam Suntory
Unidade de álcool: 700 ml
Peso do produto: 700 g
Dimensões do produto: 8,9 x 10 x 20,4 cm

9. Gin Prisión 23

Outra opção de rótulo nacional, rara e nova no mercado é o Gin Prisión 23. Apesar de ser desenvolvido na capital do Estado de São Paulo, a chamada selva de pedra, sua produção é realizada diretamente nos campos mineiros.

Destilado em pequenos lotes numerados e sem o processo de filtração, 10 botânicos compôem a origem da bebida e garantem notas adocicadas, refrescância e frescor ao paladar, graças à presença de frutas cítricas. São eles: coentro, raiz de angélica, fava de baunilha, pimenta da jamaica, castanha do pará, cardamomo, laranja, limão siciliano e erva doce.

Uma curiosidade é que a marca surgiu de uma produção artesanal caseira (handcraft gin), uma brincadeira que foi conquistando apreciadores com o tempo.

Teor alcoólico: 44%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Prisión 23
Volume: 700 ml
Fabricante: Agrimar
Unidade de álcool: 700 ml
Peso do produto: 1,43 kg
Dimensões do produto: 8 x 8 x 19 cm

10. Gin Ginarte

Se as garrafas de gin conseguem algo, é serem bonitas. No entanto, a do Ginarte é capaz de ultrapassar todos os limites e ainda trazer uma embalagem daquelas que nós não gostaríamos de jogar fora nunca.

Como o próprio nome pressupõe, a criação resulta da união do Gin com a Arte. A caixa faz referência à pintora surrealista Frida Kahlo, um ícone do feminismo na atualidade. E, assim como nossa sugestão anterior, a origem dele também é artesanal. 

Destilado a partir de bagas de zimbro selvagem diretamente dos Apeninos Toscanos, na Itália, essa é uma opção bem aromática, que une simplicidade com sofisticação, criatividade e diversão.

Na composição você encontra bagas de zimbro, calaminta, cártamo, mignonette, rubia, índigo, aipo selvagem, lavanda, hibisco, flor de sabugueiro, botões de pinheiro, pinheiro da montanha e agulhas de pinheiro.

Teor alcoólico: 43,5%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Tipo de vedação: Synthetic Cork
Marca: Ginarte
Volume: 700 ml
Peso do produto: 1,5 kg
Dimensões do produto: 16,4 x 12,2 x 5,6 cm

11. Gin Saffron Gabriel Boudier

Lançado em 2008 a partir de uma receita descoberta entre os arquivos da destilaria Gabriel Boudier, localizada na região de Dijon, na França, o Gin Saffron conta com um ingrediente especial e é resultado da união entre o estilo britânico dos gins London Dry, como o Tanqueray, de especiarias encontradas na Índia, mas também de todo o conhecimento que só os franceses têm quando o assunto é produzir bebidas.

Com apenas oito botânicos (zimbro, coentro, limão, casca de laranja, sementes de angélica, íris e erva doce), devidamente macerados em álcool neutro e destilados em alambiques de cobre, é o açafrão que dá o charme e o diferencial para essa opção.

A especiaria acaba por influenciar não apenas no sabor, levemente apimentado, mas também no tom alaranjado do líquido.

Teor alcoólico: 40%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Boudier
Volume: 700 ml
Fabricante: Boudier
Unidade de álcool: 700 ml
Peso do produto: 1,33 kg

12. Gin Martin Miller’s

Em busca do melhor gin, o visionário, iconoclasta e empresário Martin Miller criou uma bebida própria e a batizou com o nome dele.

Para isso, foi necessário encontrar botânicos selecionados em uma primeira base de qualidade, independentemente do lugar em que eles estariam no mundo. Foi na Toscana, na Macedônia e na Índia que ele encontrou suporte.

E se você pensa que qualquer zimbro basta para fazer gin, para Miller apenas aqueles com bagas bem gordas, ricas em óleos e extremamente aromáticas, selecionadas à mão, são dignas de fazer parte da receita.

Outra diferença é que esse é um gin que quebra as regras da destilação tradicional. Isso porque os citrinos são destilados separadamente dos botânicos terrosos, dando mais equilíbrio à bebida.

Como se não bastasse, a água para produzir a bebida também é especial e é islandesa. Originária da neve que caiu há mais de 800 anos na região de Grábrók, oeste do país, o gelo derretido é capaz de se infiltrar por meio de rochas vulcânicas, filtrar praticamente todo conteúdo mineral e se acumular, enfim, nos aquíferos subterrâneos.

Teor alcoólico: 40%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Tipo de vedação: Screw Cap
Marca: Martin Miller’s
Volume: 700 ml
Fabricante: The Reformed
Unidade de álcool: 700 ml
Peso do produto: 1,4 kg

13. Gin Bulldog

Com selo vegan e Ultra-Premium, diretamente da terra da rainha Elizabeth, especificamente de Londres, importado pela Campari do Brasil e produzido artesanalmente e destilado em alambiques de cobre, o Gin Bulldog possui textura leve e harmônica, sendo composto de notas frutadas e cítricas.

O processo de destilação desse gin é realizado quatro vezes, além de ser triplamente filtrado e infusionado com 12 ingredientes de países distintos, entre eles a semente de papoila da Turquia, folha de lótus da Ásia, zimbro da Itália e as amêndoas da Espanha.

Teor alcoólico: 40%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Bulldog
Volume: 750 ml
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 1,35 kg
Dimensões do produto: 12 x 10 x 20 cm

14. Gin Beefeater Pink

Além do London Dry da Beefeater, uma outra opção da marca é o Beefeater Pink. 

O fundador dela, James, tinha o costume de fazer experiências com novos gins e licores com sabor. Foram os ingredientes que encontrava nos mercados de Covent Garden, em Londres, lá no século XIX que originaram uma bebida feita a partir de nove botânicos que resultaram em um aroma natural de morango, assim como em um sabor vibrante e delicioso.

Nela você encontra zimbro, cascas de limão siciliano, sementes de coentro, amêndoas, cascas de laranja sevilha, raiz de lírio, raiz de alcaçuz, raiz de angélica e semente de angélica.

O mais interessante é que a embalagem da bebida foi completamente repensada para ser mais sustentável: o vidro é 100% reciclável; a cobertura de plástico existente foi substituída por uma de alumínio; e o rótulo mudou de PVC para papel.

Teor alcoólico: 40%
Informações sobre alergia: contém glúten
Marca: Beefeater
Volume: 750 ml
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 1,35 kg
Dimensões do produto: ‎7,4 x 14,35 x 15 cm

Zimbro, angélica, cardamomo, casca de laranja, casca de limão, coentro e raiz de lírio são as especiarias que compõem o Gin Plymouth, considerado “um caso único” entre o estilo London Dry. 

15. Gin Plymouth

Isso porque a bebida que leva o nome da região e da cidade onde ele é produzido funciona desde 1793, e para criar a bebida é preciso a água mais pura da região de Dartmoor, assim como os cereais vindos das históricas destilarias de Black Friars – a mais antiga da Inglaterra que ainda está na ativa.

A proposta aqui é oferecer um equilíbrio perfeito no seu gin, impedindo que um sabor se sobreponha ao outro, mas que a elegância e o aroma desse gin com história se evidenciem.

Teor alcoólico: 41,2%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Plymouth
Volume: 750 ml
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 850 g
Dimensões do produto: 7,4 x 14,35 x 15 cm

16. Gin Hambre

Em 2021, o Gin Hambre ganhou o prêmio de Melhor Gin Contemporâneo. Por isso, ele não poderia ficar de fora desta lista.

Com uma receita que foge ao comum para um Dry Gin, este gin com frutas traz bagas de zimbro, coentro, raiz de angélica, alcaçuz, cardamomo, canela ceilão, jasmin, physalis, anis estrelado, baunilha do Brasil, castanhas de caju e do Pará, assim como cascas de limão siciliano e de laranja.

São 14 botânicos distintos que originam de forma artesanal a bebida cujo processo de destilação é de cinco horas.

Teor alcoólico: 45%
Informações sobre alergia: contém castanha de caju e castanha do Brasil; não contém glúten
Marca: Hambre
Volume: 750 ml
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 1 kg
Dimensões do produto: ‎9,5 x 9,5 x 18,28 cm

17. Gin Monkey 47

Diretamente da Floresta Negra da Alemanha, o Gin Monkey tem paladar frutado, e apresenta certa complexidade oriunda do fato não só de ser totalmente artesanal, mas por conter 47 botânicos secretos.

Apesar de ter sido criado em 2009, a história dele começou em 1945, quando um comandante inglês, Montgomery Collins, foi enviado para a Alemanha durante o pós-guerra para auxiliar na reconstrução do país, e ajudou na recuperação do Zoológico de Berlim, onde adotou um macaco chamado Max — o ícone desse gin. 

Oito anos depois desse acontecimento, o capitão foi morar na Floresta Negra e lá criou a receita que você vai poder experimentar no Monkey.

A destilação é feita em alambiques de cobre criados especialmente para esse gin, ao passo que a produção é feita em pequenos lotes. Cada garrafa de Monkey 47 é enumerada e apresenta um anel onde é possível encontrar em latim a frase “um entre muitos”. Se é exclusividade que você busca, aposte neste produto! 

Teor alcoólico: 40%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Bulldog
Volume: 750 ml
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 1,35 kg
Dimensões do produto: 12 x 10 x 20 cm

18. Gin The Botanist Scotch Dry

De aparência “límpida e cristalina”, o The Botanist é feito a partir de 31 botânicos, entre eles menta, maçã verde, zimbro, coentro, anis estrelado, cascas de limão siciliano e laranja, além de possuir toques florais, mel, coco e hortelã fresco.

Originado em 2010 por Jim McEwan, um “master distiller” que é referência quando o assunto é uísque, na ilha de Islay, na Escócia, este gin ultra-premium é inicialmente fresco, mas ao preencher a boca é possível sentir “o aquecimento e a pureza absoluta da lenta destilação”, até alcançar um final de boca “cítrico, refrescante, elegante e luxuoso”.

Teor alcoólico: 46%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: The Botanist
Volume: 700 ml
Unidade de álcool: 700 ml
Peso do produto: 1,46 kg
Dimensões do produto: ‎8,5 x 8,5 x 26,7 cm

19. Gin Draco Neroli

Outro rótulo que apresenta citricidade e notas florais é o gin Draco Neroli. Com um ar de modernidade, a começar pelo próprio design da garrafa, ele combina o Néroli, nome que se dá ao podocarpo da laranja espanhola, com gengibre e capim limão.

Perfeito para ser harmonizado com pratos leves de verão, como peixes e saladas, ele tem um final longo e aveludado.

Teor alcoólico: 43 %
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Draco
Volume: 750 ml
Unidade de álcool: 750 ml
Peso do produto: 1,6 kg
Dimensões do produto: 10 x 8 x 23 cm

20. Gin Nordés

A nossa última dica é sobre qual gin comprar é uma bebida cuja essência vem do fato de ser destilado a partir de uvas brancas alvarinho, populares na região da Galícia e no norte de Portugal, áreas conhecidas pela produção de vinhos brancos e verdes.

Além da uva, são outros 11 botânicos que dão aroma e sabor ao gin, sendo eles zimbro, sálvia, louro, menta, eucalipto, hibisco, cardamomo, gengibre, chá, verbena-limão e salicórnia.

Quanto ao design da garrafa branca, ela foi inspirada nas tradicionais cerâmicas feitas em Sargadelos, na Espanha.

Teor alcoólico: 40%
Informações sobre alergia: não contém glúten
Marca: Nordés
Volume: 700 ml
Unidade de álcool: 700 ml
Peso do produto: 1 kg
Dimensões do produto: ‎9 x 10 x 20 cm

Dicas de drinks feitos com gin

Agora que você já conheceu alguns dos gins mais vendidos no Brasil, antes de decidir qual gin comprar e receber no conforto sua casa, preparamos cinco dicas de drinks com gin que vão te inspirar ainda mais, olha só:

Gin tônica clássica

É claro que a clássica gin tônica, um dos drinks mais solicitados e com bares dedicados apenas a ela, não poderia estar fora das nossas dicas. Mas, calma, por mais simples que ela possa parecer, a gin tônica perfeita possui alguns segredos.

Dois copos contendo gin tônica com limão siciliano, alecrim e gelo.

Ingredientes

  • Gin
  • Água tônica
  • 2 fatias de limão siciliano
  • Alecrim a gosto
  • 6 cubos de gelo

Modo de preparo

Para manter a temperatura da bebida, que deve ser servida fria, comece acrescentando os cubos de gelo até a boca da taça. Depois, passe um pouco do limão nas bordas do copo – isso irá intensificar o sabor.

Posteriormente, adicione 50 ml de gin ou a quantidade que você preferir, água tônica e limão espremido. É importante lembrar que, para cada porção de gin, duas porções de água tônica devem ser acrescentadas. Para finalizar, decore com as rodelas de limão dentro da bebida e ramos de alecrim. O sabor e o odor serão intensos e convidativos!

Negroni

Cheio de classe, o Negroni é um drink de tom avermelhado e originário da Itália. Muito fácil de ser preparado, também é outra bebida que conta com a mágica do gin. Possui um sabor marcante e amargor elevado.

Copo contendo drik Negroni com limão e gelo.

Ingredientes

  • 1 dose de Gin
  • 1 dose de Campari
  • 1 dose de Vermute Tinto
  • 1 rodela de laranja
  • Cubos de gelo a gosto

Modo de preparo

O copo indicado para o Negroni é um copo americano baixo. Nele, você deve acrescentar, primeiramente, a laranja e o gelo. Depois, juntar os outros destilados. Para finalizar, é só misturar tudo com uma colher bailarina.

London Spritz

Outra combinação refrescante, além do gin com água tônica, é o gin com Aperol. A mistura entre as duas bebidas deu origem a um drink conhecido como London Spritz.

Drink London Spritz com gin, aperol, gelo e rodelas de limão.

Ingredientes

  • 40 ml de gin
  • Cubos de gelo
  • 20 ml de Aperol
  • 100 ml de prosecco
  • 60 ml de água tônica
  • Fatia pequena de limão

Modo de preparo

Acrescente a fatia fina de limão em um copo ou taça. Depois, adicione o gin, o Aperol, a água tônica e o prosecco. Por fim, é só acrescentar gelo. Segredo nenhum!

Gin Gin Mule

Ele vai te lembrar um mojito, mas, no lugar do rum, entram o gin e o refrigerante de gengibre.

Drink Gin Gin Mule em uma caneca dourada, com gelo e hortelã.

Ingredientes

  • 50 ml de gin
  • 25 ml de suco de limão-siciliano
  • 15 ml de xarope de amêndoas
  • 8 folhas de hortelã
  • Gelo a gosto
  • Ginger beer (refri de gengibre)

Modo de preparo

Você vai precisar colocar todos os ingredientes em uma coqueteleira, exceto a ginger beer, e batê-los. Depois, é só coar em um copo longo e acrescentar a quantidade de gelo desejada. 

Para tudo ficar perfeito, complete com a ginger beer. Já na hora de decorar e dar um charme a mais, utilize ramos de hortelã e fatias de gengibre. 

Deu água na boca? Agora que você já conhece com mais especialidade algumas das marcas mais famosas da bebida que tem conquistado os brasileiros, está preparado para descobrir qual gin comprar. Depois, é só selecionar uma receita, convidar os amigos ou a família, e celebrar a vida.

No entanto, se você ainda não se decidiu sobre qual o melhor gin para comprar e quer conhecer mais opções de rótulos da bebida que estão disponíveis no Brasil, é só clicar no banner abaixo!

Logotipo Opiniões Certificadas

Atualizado em 2022-05-18 / Links afiliados (Affiliate links) / Imagens de Amazon Product Advertising API

Caroline Luz

Formada em Jornalismo pela Facopp/Unoeste, estudante de Letras/Espanhol na Unesp de Assis (SP). Libriana apaixonada por sol, cerveja, música, cinema e literatura – russa e latino-americana, especialmente! Já escrevi um livro e plantei uma árvore, não estou certa quanto a outra tarefa. Por fora, The Beatles; no fone de ouvido, Exaltasamba.

Este artigo tem 1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top