skip to Main Content
Mulher Aplicando Remédio Antipulgas Em Gato.

Bravecto para gatos: para que serve e como aplicar?

Os gatos podem ser infestados por pulgas, assim como os cães. Isso pode acontecer durante o passeio, por outros animais, na ida ao petshop ou ao veterinário e até pela roupa de humanos que tiveram contato com pulgas. É aí que entra em ação o Bravecto para gatos, um medicamento que trata a infestação desse parasita.

O Bravecto é um remédio de longa duração e promete eliminar pulgas com uma aplicação única por até 12 semanas.

Como o Bravecto para gatos funciona?

O Bravecto possui o fluralaner na composição, um ingrediente com ação antiparasitária, eficaz contra pulgas e carrapatos, que se alimentam do sangue de gatos e cães.

Depois de aplicado na pele do gato, o medicamento é absorvido pelos tecidos, caindo na corrente sanguínea. Dessa forma, as pulgas ingerem o fluralaner, ingrediente ativo do Bravecto. A substância age inibindo partes do sistema nervoso dos parasitas, causando paralisia e morte. 

Segundo o fabricante, o medicamento começa a agir duas horas após a administração e atinge sua máxima eficácia dentro de oito horas, para pulgas, e 12 horas para carrapatos. 

Um estudo feito na Flórida (EUA), que avaliou a eficácia do fluralaner no controle de pulgas em gatos, concluiu que uma única aplicação foi capaz de reduzir a população de pulgas em 96,6% em sete dias, e 100% em 12 semanas após o tratamento. 

Como aplicar Bravecto para gatos?

Para os felinos, o remédio é vendido na versão transdermal: uma pipeta, cujo líquido deve ser aplicado na cabeça do gato, diretamente na pele, afastando bem os pelos. Veja dicas para tornar a aplicação tranquila para o seu bichano:

  • O animal deve estar deitado ou sentado durante a aplicação
  • Dê petiscos antes de aplicar para distraí-lo
  • Faça carinho nas bochechas para acalmá-lo
  • Segure o animal com firmeza para que ele não fuja
  • Finalizada a aplicação, faça carinho e dê mais petiscos

Assista ao vídeo de como aplicar Bravecto para gatos:

Muitos tutores têm dúvidas se podem dar Bravecto para gatos. A resposta deve ser dada pelo veterinário. Consulte o profissional e peça orientação. Ele vai recomendar a dosagem adequada, de acordo com as condições do seu felino. 

O respaldo do veterinário é importante porque existem três tipos de Bravecto para gatos. Confira cada um!

Antipulgas Bravecto transdermal para gatos – 1,2 kg a 2,8 kg

bravecto para gatos de 1,2 kg a 2,8 kg.
Versão indicada para gatos de 1,2 kg a 2,8 kg. Imagem: Bravecto/Reprodução

Link para comprar na Amazon

É indicado para gatos menores, que pesam de 1,2 kg a 2,8 kg. De uso tópico, confere 12 semanas de proteção contra pulgas. 

A segurança de Bravecto não foi testada em gatos com menos de 11 semanas de idade, com peso inferior a 1,2 kg e nem em gatas grávidas ou no período de lactação.

Antipulgas Bravecto transdermal para gatos – 2,8 kg a 6,25 kg

bravecto para gatos de 2,8 kg a 6,25 kg.
Versão indicada para gatos de 2,8 kg a 6,25 kg. Imagem: Bravecto/Reprodução

Link para comprar na Amazon

Recomendado para gatos adultos, com 2,8 kg a 6,25 kg. O combate às pulgas, segundo o fabricante, tem início rápido e ação duradoura (12 semanas). Em oito horas, os parasitas são eliminados completamente.  

O medicamento não deve ser utilizado em caso de hipersensibilidade aos ingredientes.

Antipulgas Bravecto transdermal para gatos – 6,25 kg a 12,5 kg

bravecto para gatos de 6,25 kg a 12,5 kg.
Versão indicada para gatos de 6,25 kg a 12,5 kg. Imagem: Bravecto/Reprodução

Link para comprar na Amazon

Também com dose única, é indicado para gatos maiores, que pesam entre 6,25 kg e 12,5 kg. Os benefícios dessa versão os mesmos: ação rápida contra pulgas e efeito duradouro, fácil administração e aplicação tópica. 

Bravecto para gatos não deve ser administrado em intervalos menores que oito semanas.

Proteja seu felino contra a infestação de pulgas. Além disso, preocupe-se com as condições clínicas gerais do seu gatinho, levando-o ao veterinário pelo menos uma vez por ano para checapes de rotina. Lembre-se: gatos disfarçam quando estão sentindo dores, um instinto de sobrevivência para esconder suas fraquezas. Cuide da saúde e do bem-estar do seu bichano!

Leia também

Carla Guedes

Carla Guedes

Jornalista, esportista e apaixonada por corrida. Gosta de gatinhos, política e aventuras em montanhas.

Este artigo tem 9 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top