skip to Main Content
Disco De Vinil Harry Styles

Disco de vinil do Harry Styles: saiba onde comprar!

Quem acompanha Harry Styles desde sua primeira aparição no programa The X Factor dificilmente poderia prever o fenômeno que ele se tornaria. Depois de anos de sucesso no One Direction, o músico conseguiu revolucionar a música pop, imprimindo seu estilo e personalidade em suas composições e em sua imagem.

Até o momento, há dois discos de vinil do Harry Styles: o primeiro, homônimo, e o mais recente, Fine Line. Quer saber um pouco mais sobre ambos e descobrir onde comprá-los? Continue com a gente até o fim!

1. Harry Styles (2017)

Harry Styles não quis que sua carreira solo fosse uma extensão da ex-banda. A decisão de investir em sonoridades diferentes do One Direction, mas que tivessem mais a ver consigo mesmo, foi planejada com cuidado para ser um tiro certeiro. 

Seu primeiro disco é orgânico, com ótimos sons de violões, guitarras e pianos, e valoriza amplamente a versatilidade de sua voz. As canções permeiam entre soft rock, folk e country, com ótimas influências, como Rolling Stones, David Bowie, Van Morrison, Prince e Fleetwood Mac. 

Assim como os artistas que o influenciaram, Harry também investiu no visual, o que passou a ser uma de suas marcas registradas. Durante a tour, fez grandes aparições, sempre trajando anéis, sapatos alinhados e ternos coloridos de grandes grifes, vindos diretamente dos desfiles europeus – e que também estampam o encarte deste disco de vinil.

capa do primeiro disco de vinil do harry styles, lançado em 2017
Em seu primeiro disco, além da qualidade musical, Harry Styles investiu no conceito visual. Foto: Johnny Giusti/Acervo.

“Sign of the Times” foi o grande hit desse trabalho. Amplamente inspirada por Prince, traz uma letra enigmática e uma performance vocal que ostenta falsetes e agudos e remete a grandes hits radiofônicos oitentistas.

Outras canções que se destacam são a acústica “Sweet Creature” e a energética “Kiwi”. São completamente opostas, enriquecendo o repertório do álbum e dando espaço para que Harry demonstre seu potencial vocal.

O debut solo de Harry Styles agradou até mesmo quem torcia o nariz para o ex-boybander. É conciso, com decisões artísticas bem definidas, e abriu os caminhos (em grande estilo) para a nova fase da carreira do músico inglês.

Ficha técnica

Lançamento: 2017
Gravadora: Erskine/Columbia
Produtores: Jeff Bhasker, Kid Harpoon, Tyler Johnson, Alex Salibian
Disco simples - Importado

Lista de faixas

Lado A

1. Meet Me in the Hallway 3:47
2. Sign of the Times 5:40
3. Carolina 3:09
4. Two Ghosts 3:49
5. Sweet Creature 3:44

Lado B

6. Only Angel 4:51
7. Kiwi 2:56
8. Ever Since New York 4:13
9. Woman 4:38
10. From the Dining Table 3:31

Harry Styles - Harry Styles 2017

Imagem: reprodução/Amazon

2. Fine Line (2019)

Em seu primeiro disco, Harry fez apostas mais seguras para se lançar em carreira solo. Em Fine Line, seu segundo trabalho de estúdio, ele aparece mais inventivo e confortável para diversificar o repertório e se aproximar mais de uma sonoridade própria.

As canções folk, como “To Be So Lonely” e Canyon Moon”, bebem da influência de artistas como Joni Mitchell e Buffalo Springfield. Já “Lights Up” aposta em uma faceta R&B, com elementos de rock psicodélico.

O maior sucesso do disco foi “Watermelon Sugar”, canção que remete ao funk americano dos anos 1970, porém com uma roupagem atualizada e sonoridade voltada ao indie rock. 

Além disso, trata-se de uma canção mais sensual, fator que se estende em diversos outros momentos do disco: o encarte do vinil contém uma foto de Harry nu em posição fetal, e os clipes e letras utilizam simbologia e duplo sentido para representar questões adultas.

Por falar em letras, elas também são um fator importante na construção de Fine Line. Há faixas repletas de exageros sobre desilusões amorosas, como “Adore You” e “Falling”, porém, muitas vezes, Harry consegue apresentar uma versão mais realista de si mesmo, como “To Be So Lonely” e “Lights Up”.

Este é um disco excelente para se ter na coleção. Um clássico instantâneo – não à toa, já entrou na lista da revista Rolling Stone entre os 500 maiores álbuns de todos os tempos – com um repertório rico e muito bem realizado.

Ficha técnica

Lançamento: 2019
Gravadora: Erskine/Columbia
Produtores: Jeff Bhasker, Kid Harpoon, Tyler Johnson, Greg Kurstin, Sammy Witte
Disco duplo - Importado

Lista de faixas

Lado A

1. Golden 3:20
2. Watermelon Sugar 2:53
3. Adore You 3:27
4. Lights Up 2:52

Lado B

5. Cherry 4:19
6. Falling 4:00
7. To Be So Lonely 3:12
8. She 6:02

Lado C

9. Sunflower, Vol. 6 3:41
10. Canyon Moon 3:09
11. Treat People With Kindness 3:19

Lado D

12. Fine Line 6:17

disco de vinil harry styles fine line

Imagem: reprodução/Amazon

Logo que se lançou em carreira solo, Harry Styles se consagrou como um dos principais músicos da década de 2010, produzindo trabalhos musicais excelentes, com um estilo muito próprio.

O agradecimento especial desse post vai para meu amigo e colecionador de discos Johnny Giusti (https://www.instagram.com/johnnygiusti/), que forneceu todas as fotos que usamos. O Instagram dele está cheio de fotos e resenhas de álbuns, vale dar uma conferida!


Gostou de saber mais sobre os discos de vinil do Harry Styles? Confira tudo sobre a discografia de outros artistas no Opiniões Certificadas!

Bernardo Gasino

Bernardo Gasino

Graduado em Comunicação e Multimeios, consome e estuda música desde pequenininho. É um grande apreciador de filmes coming-of-age e de aventuras culinárias.

Este artigo tem 3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top