skip to Main Content
Fazer Stream

Dicas e itens essenciais para fazer stream

Para quem nunca ouviu falar, fazer stream é transmitir, ao vivo, qualquer evento ou ação pela internet. Esse fenômeno mundial ganhou ainda mais força no ano de 2020, devido à pandemia do novo coronavírus e o isolamento social. 

Para você saber tudo o que é necessário para entrar nesse mundo e começar a compartilhar experiências ao vivo, continue a leitura do post e confira as nossas dicas! 

O que é uma stream?

Para entendermos o que é stream, antes é necessário que saibamos de onde vem esse termo. Trata-se de uma variação de streaming, ou seja, difusão online de conteúdos por meio de áudios e/ou vídeos sem o armazenamento prévio, com esse método é possível que usuários do mundo todo acompanhem transmissões ao vivo e em qualquer lugar sem a necessidade do download. 

Desde a década de 90 presentes no dia a dia das pessoas, esse serviço ficou ainda mais popular nos últimos anos com a criação de canais como Netflix e Spotify. No mundo dos games, esse boom dos streamers é ainda mais recente, com plataformas como Mixer, Twitch, YouTube e Facebook investindo cada vez mais nesse nicho. 

Dessa forma, é possível observar o aumento na quantidade de pessoas que começaram a se profissionalizar na área, compartilhando dicas e gameplays e se aproximando do público. 

Fora dos games, durante os primeiros meses de isolamento social no Brasil, ocorreu um grande número de lives dos famosos performando em suas casas. Segundo o YouTube, a cantora sertaneja Marília Mendonça, por exemplo, chegou a atingir cerca de 3,3 milhões de espectadores simultâneos, o maior número registrado em uma live no ano de 2020.

Como fazer stream como profissional

Com o enorme sucesso que as streams têm feito ao redor do mundo e no Brasil, a profissão “streamer” começou a ser oficializada. Sendo o primeiro brasileiro a atingir dois milhões de seguidores na Twitch, Alan ”alanzoka’‘, que joga Fortnite, Apex Legends e Overwatch, é um destaque nacional e profissional de stream. 

No entanto, para atingir esse patamar, é necessário algum investimento, além de, claro, tempo. Para começar a gravar vídeos é preciso equipamentos bons, planejamento, execução de roteiro, uma plataforma de base e um ambiente virtual. 

Escolha uma plataforma

O primeiro passo para começar o streaming é escolher a plataforma ideal que se encaixe com o seu estilo. Atualmente, as mais conhecidas são:  

YouTube Gaming

o YouTtube Gaming é uma ótima opção para quem está começando, pois conta com um grande número de usuários, além da possibilidade de monetizar transmissões com anúncios e inscrições no canal. Porém, tem baixíssima possibilidade de customização e algoritmos complicados.

Twitch

Já a Twitch é, com certeza, o lugar para quem quer se profissionalizar. De longe, a maior plataforma de stream, a exposição que é possível ter no site é muito oportuna. No entanto, a concorrência também é monstruosa, por isso, a qualidade de conteúdos nesse canal é muito importante. É assim que você consegue se destacar. 

Facebook Gaming

Outra plataforma que vem crescendo com um bom número de usuários é o Facebook Gaming. Com grande possibilidade de customização e sua rede de amigos já pronta, para quem está começando, esse é um bom start. 

Além dessas plataformas, há o Mixer, Nimo.TV, Nonolive e Cube.TV. Para decidir onde transmitir, vale a pena entrar em cada uma delas e observar o design, configurações, tipo de público e escolher qual melhor se encaixa com a sua proposta. 

Instale um software de transmissão

Logo depois, é necessário instalar um software de transmissão. Recomendamos o XSplit, já que é o mais simples de ser usado. Antes de baixá-lo, é preciso entrar na página principal e fazer o registro gratuito. Em seguida, basta seguir os passos do tutorial e integrar com a plataforma de streaming escolhida.

Outra opção que vem ganhando popularidade é o OBS (Open Broadcaster Software).

Defina um nicho 

Uma boa dica para seu canal de streaming é achar um nicho. Não tente fazer de tudo e agradar a todos. Isso só vai fazer com que você se perca e não consiga fidelizar nenhum público.

Interaja com seus espectadores e conheça outros streamers – ter contato e saber o que os outros estão fazendo é ouro. Além disso, tenha consistência! Não adianta gravar esporadicamente. Monte um calendário, se programe para ir ao ar no mesmo dia da semana e no mesmo horário, assim seu público já saberá quando esperar.

Escolha equipamentos adequados

Outra dica é investir em equipamentos profissionais para que seus espectadores tenham uma boa experiência. Caso você não faça ideia dos objetos necessários, não se apavore. Separamos alguns itens essenciais para ajudar a alavancar sua carreira de streamer

Claro que, antes de tudo, você precisa ter um computador ou notebook para fazer as streams. Porém, para além disso, existe a necessidade de possuir outros equipamentos para realizar uma transmissão como profissional. 

Microfone 

O microfone é um item essencial para qualquer confecção ou transmissão de vídeo, afinal o áudio é muito importante nesse contexto. A fonte sonora é tão significativa que pode indicar se o conteúdo é algo profissional ou amador e, claro, trazer de volta os viewers ou irritá-los a ponto de eles nunca mais quererem entrar na sua live novamente. 

O microfone GXT 232 Mantis é uma ótima opção para investir, pois acompanha tripé (ideal para apoio) e suspensão elástica que funciona como anti vibrações e estouro de áudio (evitando aqueles chiados chatos). 

Microfone de mesa com pop filter.
Imagem: Reprodução/Amazon
Botão para comprar produto

Webcam

Outro produto que não pode faltar para que você comece a fazer stream é a webcam, afinal, uma imagem vale mais que mil palavras. Uma boa resolução com nitidez é aquilo que o público espera de uma transmissão audiovisual, por isso, não deixe de investir em um produto de qualidade.

A webcam Logitech C920 Full HD é perfeita para quem está começando no universo das streams. Com gravação total em 1080p e compressão em H.264, os carregamentos são mais rápidos e eficientes, exigindo menos da sua memória. Além disso, o dispositivo possui correção de luz automática, sendo capaz de gravar até mesmo com baixa luminosidade.

Webcam
Imagem: Reprodução/Amazon
Botão para comprar produto

Headset

O headset é um item essencial para quem tem como objetivo o stream de jogos. Por transmitir áudio, o game pode acabar atrapalhando a sua fala, por isso, é sempre bom jogar com o headset, assim você tem a experiência completa e seus viewers não ficam confusos.

O headset gamer Harve, da Warrior, é perfeito para quem quer ser um gamer profissional. Com ótimo custo-benefício, o dispositivo conta com filtro anti-ruído, haste e microfone ajustáveis, acabamento almofadado e controle de volume no próprio aparelho.

Headset gamer com microfone aglopado.
Imagem: Reprodução/Amazon
Botão para comprar produto

Iluminação

A iluminação é outro item básico e precisa estar sempre bem ajustada nos seus vídeos e streamings, afinal, ninguém gosta de não conseguir enxergar o rosto de quem está falando, não é mesmo?

Com tripé para apoio, o anel de luz LED é uma ótima solução para os iniciantes no streaming. O ótimo preço faz valer a pena investir nas funcionalidades deste item para deixar sua imagem muito mais profissional. 

É possível manipular as diferentes temperaturas de cores por meio do controle de ajustes que pode ir de 3500 K à 5500 K. Além disso, com o difusor presente na frente dos LEDs, a luz fica muito mais suave e uniforme, proporcionando um ótimo resultado. 

Imagem: Reprodução/Amazon
Botão para comprar produto

Placa de captura

Para quem quer fazer stream, a placa de captura serve para fazer as transmissões do sinal de vídeo para o seu computador, no caso de utilizar outra máquina ou um console (elas não são tão necessárias se a stream for com games de PC). 

Esse equipamento permite que você produza seus conteúdos com uma baixa latência, sobrepondo com a imagem da webcam, o áudio do microfone e também outros efeitos.

Importante: antes de investir em uma placa de captura, verifique se ela é compatível com seu computador ou notebook. 

A placa de captura GC311 da Avermedia te auxilia a realizar um streaming o mais rápido e fácil possível com um codificador de hardware H.264 integrado no seu núcleo – essa funcionalidade tira a necessidade do computador realizar a codificação. É compacta e não há problemas em transportá-la. 

Imagem: Reprodução/Amazon
Botão para comprar produto

A stream é um tipo de transmissão ao vivo que está cada vez mais ganhando espaço no mundo do entretenimento. Para quem quer se profissionalizar, o momento é agora. 

Não deixe de responder nos comentários qual sua plataforma de stream preferida e conferir os outros conteúdos de Opiniões Certificadas. Até mais!

Fernanda Fukushima

Sabe a famosa mãe de pet? Sou eu! Quando não estou totalmente focada em cuidar da Pepper, estou jogando The Sims, lendo algum YA e tomando um chá. Formada em Comunicação e Multimeios e mestranda em criação literária.

Este artigo tem 1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top