skip to Main Content
Casal Fazendo Um Jantar Com Vinho Tinto E Brindando Com As Taças.

Jantar com vinho: rótulos para harmonizar com diferentes pratos

Para uma comemoração, um momento a dois ou para curtir sua própria companhia, preparar um jantar com vinho é sempre uma boa escolha. Disponível nas versões suave, demi-seca e seca e produzida a partir de diferentes variedades de uvas, a bebida é superversátil.

Além disso, os apaixonados por vinho sabem como eles podem salientar notas de sabor das receitas, quando bem escolhidos. Por isso, é importante definir qual prato será servido no jantar antes de comprar a bebida.

Para te ajudar a preparar um jantar com vinho em que todos os sabores combinem com excelência, separamos 10 rótulos repletos de qualidade com suas respectivas harmonizações. Confira!

1. Gran Tarapacá

Feito 100% a partir de uvas Cabernet Sauvignon, este vinho seco é fabricado no Chile, um país conhecido por sua qualidade de produção. Possui teor alcoólico de 13% e é envelhecido em barris de carvalho por seis meses.

Todos esses cuidados resultam em um vinho com notas de frutas vermelhas, de pimenta negra e de especiarias, com frescor e adstringência equilibrados. O final é frutado e leve. O ideal é servi-lo na temperatura entre 16 e 18 °C.

É ideal para harmonizar com pratos pesados, como lasanha à bolonhesa, risoto de moranga, torta de berinjela com tomate seco e queijos semiduros. Também combina com um bom churrasco.

Imagem: Reprodução | Amazon

2. Doña Florencia

Produzido em uma indústria familiar chilena existente há mais de 200 anos, o Doña Florencia é um vinho feito 100% com uvas Merlot. Deve ser mantido entre 13 e 15 °C.

É um vinho tinto e seco, com coloração forte e 13,5% de teor alcoólico. Não é amadurecido em carvalho e pode ser harmonizado com carnes, massas e pizzas.

Imagem: Reprodução | Amazon

3. Santa Lucia

Outra opção chilena na lista, este é um rótulo de vinho branco e seco feito com uvas Sauvignon Blanc. A coloração é amarela clara, possui 13% de teor alcoólico e deve ser servido na temperatura entre 10 e 12 °C.

Harmonize-o com pratos leves, como saladas, peixes, pratos com frutos do mar e carnes brancas — como o frango. Além disso, é uma ótima opção para apreciar antes da comida, para abrir o apetite.

Imagem: Reprodução | Amazon

4. Concha y Toro

A vinícola chilena Concha y Toro foi fundada em 1883 e, graças a sua qualidade, conquistou o mundo, com rótulos disponíveis em mais de 140 países.

Esta opção é produzida 100% com uvas Carmenere, o que resulta em uma bebida tinta, seca, com aroma de frutas negras e ervas finas, leve adstringência, corpo denso e boa persistência no paladar. O teor alcoólico é de 12,5%, e o vinho deve ser servido entre 16 e 18 °C.

É uma boa pedida para acompanhar filé à parmegiana, frango assado, pizzas, carnes vermelhas, massas com molhos leves e outros preparos que possuam um equilíbrio entre suculência e gordura.

Imagem: Reprodução | Amazon

5. Rosé Piscine Stripes

Produzido na França, o Rosé Piscine Stripes é um dos vinhos mais consumidos no Brasil devido ao fato de que, ao contrário de muitos rótulos, esse pode ser consumido com gelo e é ótimo para o clima tropical do nosso país.

Com coloração salmão, é um rosé frutado com notas de lichia e de flores. No paladar, é leve e possui pouca adstringência. Para além do jantar, o vinho pode ser consumido em festas e até na beira da piscina. Tem teor alcoólico de 11% e deve ser servido a 8 °C.

Ideal para harmonizar com frutos do mar, sushis, canapés, saladas e outras entradas leves. Também pode ser consumido antes da refeição, para abrir o apetite.

Imagem: Reprodução | Amazon

6. Taylor’s Fine Tawny

Este vinho do Porto português é feito com uvas castas tradicionais e envelhecido por três anos em tonéis de carvalho. Possui um teor alcoólico bem alto — 20% — e deve ser servido a, em média, 15 °C.

No paladar, tem notas de frutas vermelhas maduras, de caramelo, de figo, de ameixas, de nozes e de pimenta preta. É mais doce e possui coloração vermelha, bem clara.

É um vinho indicado para servir após o jantar, com a sobremesa. Harmoniza bem com frutas silvestres, amêndoas, chocolate preto e queijos mais fortes.

Imagem: Reprodução | Amazon

7. Angelica Zapata

Um rótulo produzido 100% com uvas Merlot, o Angelica Zapata é maturado por 16 meses em barris de carvalho. Possui teor alcoólico de 14% e deve ser servido entre 14 e 18 °C.

Produzido na Argentina, este tinto possui aroma de frutas maduras com toques de carvalho, baunilha e picância moderada. A adstringência é leve e equilibrada e o final é longo, persistente e aveludado. 

Para acompanhá-lo, opte por carnes vermelhas sem muita gordura, massas com molho de tomate, queijos semiduros e pizzas.

Imagem: Reprodução | Amazon

8. Coste Motte

Este vinho rosé é feito 100% com uvas Merlot. Produzido na França, é seco, tem 11,5% de teor alcoólico — um dos mais baixos da lista, ao lado do Rosé Piscine — e deve ser servido entre 10 e 12 °C. 

A coloração se aproxima de um tom de rosa brilhante e, no paladar, é bastante leve. É excelente para abrir a noite, acompanhando saladas, nozes e outros aperitivos.

Imagem: Reprodução | Amazon

9. Garzón

Para quem prefere rótulos sem adstringência, o Garzón é uma boa opção. Produzido com uvas Tannat, no Uruguai, é um vinho seco com 14,5% de álcool e amadurecido sobre suas próprias borras em tonéis de 50 hectolitros entre o período de seis meses a um ano.

No paladar, possui notas de frutas vermelhas, como ameixas e framboesas, e de especiarias. É um vinho que já venceu campeonatos ao redor do mundo e que deve ser servido entre 16 e 18 °C.

Combine-o com carnes assadas, com foco especial no cordeiro, e alimentos mais fortes, como queijo gorgonzola e chocolate meio amargo.

Imagem: Reprodução | Amazon

10. Santa Rita 120

Para fechar nossa lista, o Santa Rita 120 é um Pinot Noir produzido no Chile e cheio de qualidade, com a suavidade característica desse tipo de uva. O rótulo possui 13% de teor alcoólico e é indicado servi-lo a 16 °C.

O vinho possui notas de framboesa, de cereja, de flores, de baunilha e de caramelo. O sabor é bem suave e levemente ácido. 

Sirva o Pinot Noir ao lado de carnes brancas e menos gordurosas, como peixes e aves. Em relação aos molhos, opte por aqueles mais adocicados, como os agridoces.

Imagem: Reprodução | Amazon

Na hora de preparar seu jantar com vinho, é fundamental servir bons rótulos. Afinal, a qualidade da bebida tornará a experiência muito mais prazerosa para todos. 

Na Amazon, você encontra uma categoria dedicada apenas aos vinhos, com opções de diferentes uvas e de diferentes colorações. Clique na imagem abaixo e acesse!

victor matheus

pesquisador de literatura com ênfase em arte moderna e contemporânea. usa da língua e da linguagem para entender os seus desdobramentos na sociedade. sonha em ser amigo do adorno, mas nasceu tarde demais.

Este artigo tem 5 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top