skip to Main Content
Mulher Negra Cuidando Da Sua Horta Em Casa.

Como fazer horta em casa: dicas e utensílios básicos

Descobrir como fazer horta em casa é uma forma de contar com alimentos frescos e livres de agrotóxicos na hora de cozinhar suas receitas. Além disso, também enche a casa de verde, construindo ambientes que estimulam o contato com a natureza.

Engana-se quem pensa que, para criar uma horta, é preciso de muito espaço. Na verdade, dá para fazer a sua em vários lugares, desde que você siga algumas dicas importantes para que as plantas cresçam saudáveis.

Para te ajudar a montar sua horta, separamos cinco dicas e os principais utensílios para ter em casa. Confira!

1. Escolha o local

Você não precisa de um jardim externo ou de vários metros quadrados para fazer a sua horta em casa. Lavanderias, cozinhas, salas e sacadas são ótimas opções para instalar os vasos e demais itens.

Caso você queira ir devagar, há a alternativa de começar a horta com materiais recicláveis que seriam descartados, como garrafas PET e potes de sorvete. A única necessidade é fazer furinhos embaixo, para que a água escorra e não apodreça as raízes, o que matará as plantas.

2. Observe a posição do sol

A maioria dos temperos e das hortaliças precisam receber luz natural para crescerem saudáveis. Por isso, é importante que o lugar escolhido para o plantio receba sol por um período interessante do dia.

Vários vaso de plantas colocadas próxima à janela para receber luz do sol.
A luz do sol é fundamental para o crescimento saudável das plantas.

Se a iluminação for escassa, você pode montar a horta no parapeito da janela — existem vasos específicos para esse formato — ou criá-lo de forma móvel, em carrinhos de chá ou em mobílias com rodinhas.

Dessa forma, consegue mudar a horta para diferentes ambientes, seguindo a luz do sol durante o dia.

3. Saiba onde plantar

A escolha do vaso e a construção do solo são fundamentais para que as plantas cresçam com vida e saudáveis. Por isso, a horta deve ser plantada em itens com a parte inferior furada, a fim de que a água escoe.

Para quem não tem muito tempo no dia a dia, uma ideia é apostar em vasos autoirrigáveis, que levam os nutrientes que a horta precisa de forma automática.

O solo, por sua vez, deve ser preparado com pedriscos ou argila expandida, seguidos de manta para drenagem, areia de construção e substrato preparado — inseridos de baixo para cima. A terra para plantio pode ser adquirida com adubo para mais praticidade.

Caso você não se considere muito bom de pá, pode optar por comprar as mudas já plantadas. É possível transferi-las para vasos que te agradem com facilidade e, depois, é só seguir os cuidados.

No vídeo do canal Cultivando, Gaspar Yamasaki, engenheiro agrônomo, te ensina a fazer isso da melhor forma:

Como o próprio engenheiro salienta, é importante pesquisar se a espécie de tempero ou de vegetal que você plantará na sua horta não pede cuidados específicos, que podem se relacionar com o solo, com a luz e até com a irrigação.

4. Cuide do solo

Com o passar do tempo, é comum que o solo precise de atualizações no tratamento, por meio de adubos e de outras fontes de nutrientes — como minhocas. 

O prazo (e a necessidade) para esse cuidado varia de acordo com cada espécie de planta, por isso, é válido pesquisar informações sobre cada tempero da sua horta para não deixar nenhum nutriente faltar no cultivo.

5. Fique atento às pragas

Não são apenas grandes produções que estão sujeitas às pragas. Sua horta caseira pode, sim, sofrer ataques e doenças. No entanto, os métodos de combate serão mais simples, evidentemente.

Na maioria das vezes, os insetos chegarão em pequenas quantidades e os fungos não se espalharão de forma rápida sobre a planta. Por isso, o ideal é fazer a retirada manual. Descarte, também, as folhas doentes assim que elas aparecerem para que a praga não se espalhe pelo restante do tempero.

Folhas da horta caseira machucadas após serem comidas por pragas.
Sempre que ver um bichinho na sua horta, retire-o com o auxílio de uma luva para que ele não estrague as plantas.

Caso você tenha uma horta no parapeito da janela ou na sacada, que são espaços abertos, pode depositar uma tela sobre eles, que permita passagem de ar, durante à noite ou quando sair. Assim, garante que as plantas ficarão protegidas quando você não estiver por perto.

Não use agrotóxicos ou pesticidas em hortas caseiras, pois eles certamente irão contaminar a planta e matá-la. Por ser uma produção pequena, não há necessidade de usar métodos tão agressivos e que fazem mal à saúde.

Outra opção são inseticidas caseiros, feitos à base de alho, de pimenta, de óleo vegetal e de coentro. Cada um deles serve a uma finalidade, e as receitas podem ser encontradas facilmente na internet.

Quais temperos colocar na sua horta?

Em dúvida sobre quais temperos cultivar na sua horta em casa? Separamos algumas opções que possuem um cuidado fácil para você começar. Confira!

Alecrim

Aromático e saboroso, o alecrim combina com vários tipos de carnes — especialmente as brancas, como frango e peixe —, com risotos e com batatas. É uma planta que se adapta facilmente a diferentes temperaturas, desde que elas não cheguem a extremos (muito elevada ou muito baixa).

Após o crescimento, não precisa de rega frequente. Basta verificar se a terra está úmida e, se sim, esperar mais um tempo para adicionar água ao solo. O indicado é que o alecrim receba, pelo menos, três horas de luz natural por dia.

Manjericão

Um dos temperos mais queridos quando o assunto é molho, o manjericão também combina com carnes brancas e omeletes. É uma planta que gosta de calor (a temperatura mínima deve ser de 18 °C) e de água, portanto, pode regá-la diariamente, com o cuidado para não encharcar.

Pessoa cuidando de manjericão e podando folhas para cozinhar.
O manjericão fica delicioso quando adicionado a molhos.

Assim como o alecrim, o ideal é que o manjericão fique pelo menos três horas exposto ao sol para crescer de forma saudável e com as folhas bem verdinhas.

Cebolinha

A cebolinha combina com várias receitas e é bastante comum na mesa dos brasileiros. Cultivá-la é bem simples, visto que ela cresce em temperaturas médias com facilidade. É uma planta que pode ser regada diariamente, desde que o solo não seja encharcado, e que precisa de luz solar direta por pelo menos três horas.

Na hora de colher, retire a cebolinha de forma rente ao caule. Dessa maneira, uma nova planta irá nascer conforme a nutrição é feita.

Orégano

A última dica da nossa lista é o orégano, outro tempero que vai em praticamente todas as receitas da cozinha brasileira. Molhos, pizzas e assados ficam deliciosos com o sabor e com o aroma dessa planta.

O tempero precisa de bastante exposição à luz natural — pelo menos quatro horas por dia — e precisa de um solo equilibrado para crescer, sem excessos e, ao mesmo tempo, sem escassez de água. A dica é fazer o teste da terra com o dedo: se estiver úmida, não precisa regar.

Além desses temperos, é possível plantar verduras e legumes na sua casa. Alface, cebola, tomate-cereja e até cenoura podem ser cultivados em vasos, de acordo com seu tamanho.

Utensílios básicos

Na hora de fazer sua horta — e de cuidar dela da melhor forma — existem utensílios que precisam estar sempre à mão. Separamos alguns objetos que facilitarão na hora de realizar os cuidados cotidianos.

Pá para jardinagem

A pá para jardinagem possui formato específico para adentrar o substrato com mais facilidade, já que o bico fino se expande conforme adentra o vaso. Esse utensílio é fundamental para quem gosta de cavar e mexer na terra — uma espécie de terapia para os apaixonados por natureza — e para quem quer transportar as plantas de um vaso para o outro.

Esta opção é produzida pela Tramontina, em metal, e vem com cabo de madeira. Possui cerca de 30 centímetros no total, o que a torna compacta e fácil de armazenar.

Imagem: Reprodução | Amazon

Tesoura de poda

Na hora de cortar os temperos para uso ou quando for necessário retirar um galho doente, a tesoura de poda é sua melhor amiga. O formato da lâmina de corte permite retirar caules com facilidade e rapidez.

O produto também é produzido pela Tramontina e combina com a pá acima. A tesoura é feita com metal e possui trava para ser guardada fechada, o que evita acidentes.

Imagem: Reprodução | Amazon

Regador

Na hora de aguar as plantas, contar com um regador é prático e evita várias viagens para encher copos ou potes. Este modelo é moderno e serve como decoração do espaço em que a horta ficará.

Outra dica é combinar o regador com um spray, para borrifar água nas plantas. Apenas não faça isso muito perto das folhas, pois pode machucá-las.

Imagem: Reprodução | Amazon

Vaso de cimento

Um vaso moderno, lindo e de excelente qualidade. O cimento é resistente e retém umidade, o que ajuda na hora das plantas continuarem recebendo nutrientes. Apenas atente-se à rega, porque o vaso tende a armazenar água devido ao material. É ideal para plantar temperos como alecrim, manjericão e orégano, já que eles crescem na vertical.

Imagem: Reprodução | Amazon

Vaso de plástico

Leve e espaçoso, o vaso de plástico pode ser encontrado em várias cores. Pode ser usado para plantar vários tipos de temperos e de legumes. Esta opção vem no preto, para combinar com qualquer espaço.

Imagem: Reprodução | Amazon

Vaso no estilo floreira

Existem determinadas espécies de plantas que podem conviver em harmonia no mesmo vaso. Nesse caso, a floreira é uma opção de cultivo. Este modelo é indicado principalmente para quem criará a horta no parapeito da janela, pois é comprida e pode ser presa com facilidade. Por ser de plástico, é resistente ao tempo.

Imagem: Reprodução | Amazon

Luvas para jardinagem

As luvas para jardinagem garantem segurança na hora de manusear pás, tesouras e, inclusive, ao tirar pequenas pragas e doenças da horta caseira. Esta opção é produzida pela Tramontina, em malha de algodão, e vem com elástico no punho para maior comodidade.

Imagem: Reprodução | Amazon

Kit para jardinagem

Para quem quer se jogar de cabeça no cultivo da horta, este kit para jardinagem vem com todos os materiais necessários: diferentes pás, rastelo, borrifador, tesoura e muito mais. A maleta ainda permite que todos os itens fiquem organizados no mesmo lugar, tornando um acessório perfeito para quem tem pouco espaço.

Imagem: Reprodução | Amazon

Montar uma horta em casa requer alguns cuidados diários, porém, com certeza, vale a pena quando pensamos nos benefícios: mais áreas verdes, alimentos livres de agrotóxicos e temperos sempre frescos.

Na categoria de jardinagem, disponível na Amazon, você encontra vários utensílios que tornam essa tarefa mais simples. Assim, começa sua horta com praticidade, sem fazer sujeira e com itens utilitários. Acesse clicando na imagem abaixo e confira!

victor matheus

victor matheus

pesquisador de literatura com ênfase em arte moderna e contemporânea. usa da língua e da linguagem para entender os seus desdobramentos na sociedade. sonha em ser amigo do adorno, mas nasceu tarde demais.

Este artigo tem 0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top