skip to Main Content
Na Imagem Vemos Um Livro De Capaz Azul. Em Cima Dele Está Um óculos De Grau. Ao Lado, Há O Controle De Uma TV.

10 livros que viraram séries para ler e maratonar

Dizem por aí que “nada se cria, tudo se copia”. No caso de livros que viraram séries podemos ajustar esse ditado popular para “nada se cria, tudo se adapta”. Isso porque, nos últimos anos, muitas foram as obras literárias que se transformaram em audiovisual e estão disponíveis para serem assistidas nas diversas plataformas de streaming existentes.

Para um bom leitor, o livro sempre vem em primeiro lugar, é claro, mas apreciar uma série que dá vida aos personagens daquela leitura inesquecível — seja para amá-la ou odiá-la — sempre é uma boa ideia!

Então, se você tem curiosidade em conhecer algumas obras que foram parar nas telinhas, está no lugar certo! Listamos 10 livros que serviram de inspiração para a criação de grandes nomes de catálogos como Netflix, HBO, Amazon Prime, entre outros. Olha só:

1. 4 Homens em 44 Capítulos (Sex/Life)

Um dos sucessos mais recentes e apimentados da Netflix é a série Sex/Life. Nela, acompanhamos Billie relembrando as aventuras que viveu no passado com um dos ex-namorados, Adam, enquanto precisa cuidar de duas crianças e encontrar uma forma de dar um up no casamento atual.

A vida pacata da personagem principal encontrou respaldo no livro 4 Homens em 44 capítulos escrito por B.B. Easton. 

A autora transforma em palavras as próprias memórias sobre os principais relacionamentos que manteve antes de encontrar a pessoa 90% perfeita para ela — só lendo o livro ou assistindo a série para entender essa referência! 

2. A Amiga Genial (My Brilliant Friend)

Já falamos da escritora italiana Elena Ferrante aqui no Opiniões Certificadas e sobre como a tetralogia Napolitana, que começa com o livro A Amiga Genial, é praticamente impossível de não ser adorada.

No total, são quatro obras que vão acompanhar a amizade de Elena Greco (Lenu) e Rafaella Cerullo (Lila). As meninas, ainda pequenas, se conhecem em um bairro pobre de Nápoles e vão dividir muitas alegrias e divergências com o passar do tempo e conforme vão amadurecendo.

Com uma história cheia de percalços, a HBO não perdeu tempo em transformar as obras em uma série intitulada My Brilliant Friend, que já está na 2ª temporada e deve ir até a 4ª para acompanhar o desfecho dessa relação de amizade tão ímpar e misteriosa.

3. Os Instrumentos Mortais (Shadowhunters)

Shadowhunters — ou simplesmente Os Instrumentos Mortais — é mais uma coleção de livros que viraram séries e que fizeram sucesso nas telinhas.

As seis obras disponíveis da fantasia urbana escrita por Cassanda Clare (Cidade dos ossos, Cidade das cinzas, Cidade de vidro, Cidade dos anjos caídos, Cidade das almas perdidas e Cidade do fogo celestial) foram lançadas aqui no Brasil entre 2010 e 2014.

Em cada edição, acompanhamos os passos de Clary Fray — uma jovem que não tem nada de comum se comparada às outras garotas da mesma idade — ao descobrir um mundo onde a existência de anjos, demônios e diversas criaturas sobrenaturais, como vampiros e fadas, é possível.

4. A Garota do Blog (Gossip Girl)

Outra série de livros que ficou muito conhecida após ser adaptada para a TV em 2007 foi a coleção com mais de 13 obras de Gossip Girl. A trama gira em torno das vidas e romances de adolescentes socialites da Constance Billard School for Girls, uma escola privada e para ricos no Upper East Side de Nova York. 

No entanto, o protagonismo das obras de “A Garota da Blog” — como ficaram conhecidas aqui no Brasil — fica por conta da relação que as melhores amigas Blair Waldorf e Serena van der Woodsen possuem e são narradas por uma blogueira de fofocas.

5. As Crônicas de Gelo e Fogo (Game of Thrones)

Se você assistiu as oito temporadas de Game of Thrones, pode ser que tenha se decepcionado com o final. Se não, podemos considerar isso um milagre, mas o fato é que a série lançada pela HBO em 2011, e que teve o último episódio cinco anos depois, antes de tudo, saiu da mente de um escritor: George R.R. Martin.

No total, são cinco obras que compõem a saga de livros que viraram séries, intitulada As Crônicas de Gelo e Fogo. Elas dão vida ao universo fictício criado pelo autor e são capazes de abrigar os sentimentos mais diversos, como poder, rivalidade, magia, fantasia, amor, paixão, traição, vingança, lealdade… cada um potencializado constantemente por personagens particulares e até seres mitológicos.

Aqui vai um spoiler não tão surpreendente assim: as pessoas também morrem nos livros! Hahahaha.

6. Arsène Lupin (Lupin)

No melhor estilo Sherlock Holmes, só que francês, Arsène Lupin é um dos detetives mais icônicos da literatura. Criado em 1905 por Maurice Leblanc, ele é a inspiração para a série da Netflix que estreou em 2021.

As aventuras são situadas temporalmente na França, no período da Belle Époque e dos Années folles, onde as linhas de pensamentos que simpatizavam com os anarquistas perdem o lugar para um viés patriota, transformando Lupin em um detetive e fazendo com que ele abandone a vida de ladrão.

Capaz de resolver qualquer enigma, nas obras é possível observar características charmosas, como a alegria e o sarcasmo de Lupin. 

No entanto, a série mostra um homem francês de origem senegalesa que, inspirado por um livro sobre Arsène Lupin que ganhou na juventude, busca vingança contra uma família rica que incriminou injustamente o pai dele.

7. Objetos Cortantes (Sharp Objects)

Da mesma autora de Garota Exemplar, livro que fez sucesso ao ser adaptado para o cinema (se você ainda não assistiu, assista!), Sharp Objects — ou simplesmente Objetos Cortantes — é outra obra de Gillian Flynn que ganhou formato audiovisual e estreou na HBO em 2018.

Repleto de reviravoltas, o livro de estreia da autora narra a volta da repórter Camille Preaker, recém-saída de um hospital psiquiátrico, à sua cidade natal com um único objetivo: investigar o brutal assassinato de uma menina e o desaparecimento de outra. Isso enquanto precisa lidar com memórias difíceis de sua infância e adolescência.

Segredos perturbadores e tão tenebrosos quanto os problemas que ela própria enfrenta vão sendo descobertos conforme a história vai se desenvolvendo.

8. O Conto da Aia (The Handmaid’s Tale)

Uma das séries mais aclamadas dos últimos tempos tem sido The Handmaid’s Tale. Ela é baseada no romance distópico de Margaret Atwood, publicado em 1985.

A obra é situada na Nova Inglaterra, que passa a ser parte de uma teonomia totalitária fundamentalista cristã que conseguiu derrubar o governo dos Estados Unidos.

Narrada em primeira pessoa por uma mulher, Offred, a obra explora a subjugação das mulheres e as formas que fazem com que elas percam o individualismo e a independência. 

A personagem que dá voz à narrativa faz parte de uma classe de outras mulheres que existem apenas para fins reprodutivos e são conhecidas como “servas” (aias), já que os nascimentos estão em declínio por causa da esterilidade ocasionada pela poluição e doenças sexualmente transmissíveis. Seja lendo o livro ou assistindo a série, reflexão, revolta e angústia não vão te faltar!

9. Sob a Redoma (Under the Dome)

Convenhamos que adaptações de livros do Stephen King para o cinema não faltam, não é mesmo? Por que não teria série também, então? Um bom exemplo disso é Under the Dome — lançada pelo canal nova-iorquino CBS em 2013.

Como grande parte das obras do autor, drama, mistério e fantasia não faltam na história, mas agora com um misto de ficção científica. 

Assim como nas três temporadas, o livro conta a história pacata dos moradores da pequena cidade americana de Chester’s Mill, no Maine. Tudo muda quando uma cúpula indestrutível, enorme e transparente surge repentinamente e os isola do resto do mundo. 

Sem nenhum tipo de conexão, seja à internet, telefone ou celular, as pessoas presas dentro do domo vão precisar encontrar formas de aliviar as tensões ocasionadas pela situação e sobreviver.

Enquanto isso, um grupo seleto vai se unir com o objetivo de desvendar esse mistério. Será que vai funcionar?

10. Você (You)

Por fim, nossa última dica de livros que viraram séries e que não poderia ficar de fora dessa lista, é You. Tanto na adaptação realizada pela Netflix quanto na obra escrita por Caroline Kepnes, acompanhamos Joe Goldberg que, aparentemente, é apenas um simples gerente de uma livraria em Nova York…

Tirando o fato de que ele tem uma face obscura: Joe também é um serial killer que, sempre que se apaixona, desenvolve uma obsessão absurda que o descontrola completamente.

Desconto Você

Traduzido para 19 idiomas, o romance do gênero thriller ganhou ainda uma sequência lançada em 2016 e intitulada Hidden Bodies — Corpos Ocultos, em português.

Na imagem vemos um homem e uma mulher em uma livraria. Ele observa ela a distância, que está lendo um livro.
Na foto, os atores Elizabeth Lail e Penn Badgley durante a 1ª temporada da série You. | Foto: Reprodução/Bettina Strauss/©Lifetime TV.

Com essas dicas, opções de leitura ou até mesmo de programas para passar o tempo não vão faltar. O importante mesmo é se divertir no seu tempo livre, seja lendo ou assistindo, e acompanhar essas histórias que têm conquistado diversos fãs.

Agora, conta pra gente nos comentários: qual desses livros que viraram séries você já leu ou gostaria de começar a ler?

Atualizado em 2021-09-26 / Links afiliados (Affiliate links) / Imagens de Amazon Product Advertising API

Caroline Luz

Formada em Jornalismo pela Facopp/Unoeste, estudante de Letras/Espanhol na Unesp de Assis (SP). Libriana apaixonada por sol, cerveja, música, cinema e literatura – russa e latino-americana, especialmente! Já escrevi um livro e plantei uma árvore, não estou certa quanto a outra tarefa. Por fora, The Beatles; no fone de ouvido, Exaltasamba.

Este artigo tem 1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top