skip to Main Content
Rolo-de-treino-para-bike

Rolo de treino para bike: qual o melhor e como escolher?

A imposição do isolamento social no Brasil e no exterior colocou no radar dos ciclistas um acessório em comum: o rolo de treino para bike. O equipamento se tornou uma opção popular para fazer treinos indoor na pandemia, em razão da restrição da circulação de pessoas pelas cidades. 

O que é rolo de treino para bike?

O rolo é uma solução que possibilita pedalar sem sair do lugar. É um equipamento ótimo para fazer treinos em casa e útil quando não é possível estar ao ar livre por motivos diversos: condições climáticas, falta de tempo para treinar na rua ou por questões de segurança. 

Treinadores dizem que o treino no rolo não equivale ao exercício na rua, mas é um substituto válido, uma vez que treinar indoor é melhor do que ficar parado.

Quais os tipos de rolos de treino?

São dois modelos, o fixo e o solto. Veja as diferenças entre eles para escolher o mais indicado para você.

Rolo fixo

A roda traseira fica presa no equipamento. Isso faz uma grande diferença para a estabilidade da bicicleta, uma vez que não há deslocamentos laterais, como pode acontecer no rolo solto. 

Funciona assim: o pneu traseiro fica em contato com o rolo, e o da frente, encostado no chão ou em algum apoio. O ciclista pode controlar o atrito do pneu com o equipamento, ajustando o nível de carga para facilitar ou dificultar o treino. 

É o tipo de rolo de treino mais popular pelo custo-benefício, por ser compacto, leve e por ter zero risco de queda, embora tenha alguns poréns. Dependendo do modelo, é barulhento e pode desgastar o pneu da bicicleta. Outro ponto é que o rolo fixo deixa o pneu traseiro mais alto que o dianteiro. A solução é colocar um apoio sob a roda da frente para deixar a postura mais confortável. 

Rolo solto

A bike fica solta sobre o rolo e é preciso muito equilíbrio e concentração para não sofrer quedas. O equipamento é composto por três cilindros (dois atrás e um na frente) e um suporte de metal. 

A roda traseira deve ficar apoiada nos dois cilindros próximos, e a roda dianteira, no terceiro cilindro, mais à frente. E é assim: a bicicleta fica livre sobre o aparelho. A vantagem disso é que a pedalada flui mais naturalmente, mas também exige foco total do ciclista para evitar acidentes.

Dicas para usar o rolo treino para bike

Esta dica é válida principalmente para o rolo solto: posicione o equipamento próximo a uma parede ou um móvel para dar suporte na subida e descida da bike. Confira outras!

  • Hidratação: consuma água e os isotônicos que você estiver acostumado
  • Entretenimento: músicas, séries e filmes ajudam a passar o tempo. Já testou o Zwift?
  • Atenção: esteja 100% focado no treino ao pedalar no rolo solto

Confira, agora, modelos de rolo de treino para pedalar em casa, sem sair do lugar!

Rolo de treino para bike fixo Alt Cicle AL200

Custo-benefício

Dobrável

Não tem regulagem de esforço

Rolo de treino para bike fixo Alt Cicle AL200
Rolo de treino fixo Alt Cicle AL200: bom custo-benefício. Foto: Amazon/Reprodução

Link para comprar na Amazon

Este rolo de treino é compatível com bicicletas de aro 20, 26, 27,5 e 29, e pode ser usado tanto em bikes com ou sem blocagem. 

O equipamento é fabricado no Brasil e não possui regulagem de esforço, mesmo assim você pode trocar as marchas da bike durante os treinos, aumentando ou reduzindo a dificuldade. 

Rolo de treino para bike fixo Alt Cicle AL-04 Altmayer

Estabilidade

Leveza

Barulho

Rolo de treino fixo Alt Cicle AL-04 Altmayer
Rolo de treino fixo Alt Cicle AL-04 Altmayer: fabricado em aço carbono. Foto: Amazon/Reprodução

Link para comprar na Amazon

Modelo leve, compacto e fabricado em aço carbono. Vem equipado com regulador de esforço, permitindo aumentar ou reduzir o peso do pneu traseiro durante o treino. 

É compatível com bikes de aro 26 ao 29. O fabricante recomenda o uso de pneus slick e acima de 700×23, sempre com calibragem correta para o funcionamento pleno do aparelho e a diminuição do barulho ao pedalar. Suporta até 100 quilos. 

Rolo de treino para bike solto AL-216

Pedalada mais natural

Desmontável

Vibração

Rolo de treino para bike solto AL-216
Rolo de treino solto AL-216: comporta bikes de aro 26 ao 29. Foto: Amazon/Reprodução

Link para comprar na Amazon

Rolo de treino solto com cilindros de 4 polegadas e rolamentos blindados. Ideal para treinos indoor e para aquecimento antes das competições. Indicado para bicicletas de aro 26 ao 29.

O equipamento é fácil de montar e de armazenar. O fabricante recomenda o uso de pneus lisos para reduzir o barulho do atrito entre a roda e o suporte. 

Rolo de treino para bike fixo Absolute Wild 5

Qualidade

Regulador de esforço com 5 intensidades

Barulho

Rolo de treino para bike Absolute Wild 5
Rolo de treino Absolute Wild 5: produto completo e de qualidade. Foto: Amazon/Reprodução

Link para comprar na Amazon

Rolo do tipo fixo de fácil montagem e armazenamento. Conta com cinco regulagens de tensão por cabo de aço. Pode ser utilizado com bicicletas de aro 24, 26, 27,5, 29 e 700.

Produto robusto e de boa qualidade. Os pés têm material resistente a derrapagens para melhor fixação no chão. O roller auxilia na tração do pneu, gerando menos desgaste durante os treinos. 

Rolo de treino para bike solto RT

Modelo universal

Rolamentos blindados

Barulho

Rolo de treino para bike solto RT
Rolo de treino solto RT: 10 regulagens de tamanho para Speed e MTB. Foto: Amazon/Reprodução

Link para comprar na Amazon

Rolo solto com 10 regulagens para Speed e MTB 26 a 29, independentemente do tamanho do quadro. Suporta até 150 quilos. 

A estrutura de tubos tem pintura epóxi, os cilindros têm 6 centímetros de diâmetro, são fabricados em aço galvanizado e com rolamentos blindados, dispensando lubrificação. Correias de poliuretano de 6 milímetros. 

Chega de indecisão para levar seu rolo de treino para casa! Quer mais dicas de produtos para esportistas? Acesses nossas resenhas e aproveite para comprar e pagar um frete só:

Carla Guedes

Jornalista, esportista e apaixonada por corrida. Gosta de gatinhos, política e aventuras em montanhas.

Este artigo tem 4 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top