skip to Main Content
Takenoko Jogo

Takenoko: o jogo que vai encantar a sua família

Os jogos de tabuleiro são a ferramenta perfeita para momentos de descontração e diversão em família – e se a opção agradar tantos os adultos quanto as crianças, melhor ainda, não é mesmo?

O Takenoko é um jogo de estratégia com regras relativamente simples, uma história divertida como pano de fundo e um design belíssimo e, ao mesmo tempo, lúdico, capaz de conquistar toda a família. Neste texto, vamos apresentá-lo para que você possa ter um gostinho. É só seguir adiante!

De antemão, já adiantamos que o jogo é para 2, 3 ou 4 jogadores, a partir dos 8 anos de idade e o tempo de uma partida é de, em média, 45 minutos. 

A história

Takenoko significa, em tradução literal do japonês para o português, broto de bambu. No jogo, acompanhamos uma história que se passa muito tempo atrás, na Corte Imperial Japonesa. 

Para celebrar uma aliança entre o Japão e a China após anos de disputas, o imperador chinês presenteou o japonês com um panda-gigante, um animal sagrado que simboliza a paz. Ao receber o presente, o imperador então delegou aos seus súditos a tarefa de cuidar desse animal, fazendo a manutenção do bambuzal onde ele viverá. Esses súditos somos nós, os jogadores.

Para cuidar do bambuzal, devemos preparar terrenos, irrigá-los e, com o auxílio do jardineiro imperial, cultivar as três espécies de bambu. No entanto, é preciso lidar também com o voraz apetite do panda – que não consegue resistir a um suculento bambu. 

Conheça os elementos do jogo

Terrenos

Takenoko jogo: terrenos
Takenoko: terrenos

Eles são as bases do bambuzal e, lado a lado, constituem o tabuleiro do jogo, que vai sendo montado aos poucos sobre a mesa. Os terrenos podem ser simples, nas cores rosa, verde e amarelo (que representam as espécies de bambu a serem cultivadas neles) ou especiais, que são a fonte de água e a casa do jardineiro e servem para propostas específicas.

Bambu

Takenoko jogo: brotos de bambu
Takenoko: bambu

As pecinhas de bambu são encaixáveis para que a planta possa crescer, e existem nas cores correspondentes às cores dos terrenos: rosa, verde e amarelo.

Irrigadores

Takenoko jogo: irrigadores
Takenoko: irrigadores

Os bambus precisam de água para crescer. Alguns terrenos, que ficam posicionados ao redor da fonte, recebem água dessa maneira – mas os que ficarem mais distantes precisam de um pouco mais de engenharia. Os irrigadores são pecinhas que servem para que possamos conectar a fonte de água com terrenos mais distantes que precisam de acesso à água.

Melhorias

Takenoko jogo: melhorias
Takenoko: melhorias

As pecinhas de melhorias são como etiquetas que você pode adicionar em um terreno para aprimorá-los. 

A pecinha azul significa “tanque”, e um terreno que a contenha não precisa que você chegue até lá com irrigadores. 

A vermelha significa “cercado”, e nos terrenos marcados por ela o panda não pode se alimentar, pois os bambus ficam protegidos. 

A pecinha bege, por sua vez, significa “fertilizante”, e os terrenos que a contenham crescem dois segmentos de bambu por vez, ao invés de apenas um. 

Jardineiro e Panda

Takenoko jogo: panda e jardineiro
Takenoko: personagens

Só de bater o olho você já se apaixonou pelos personagens, fala a verdade! As pecinhas do panda e do jardineiro são capazes de derreter qualquer jogador. Ao longo do jogo, o jardineiro é responsável por cultivar novos segmentos de bambu, enquanto a função do panda é se alimentar deles.

Dado do tempo

Takenoko jogo: dado

Neste jogo, o dado não apresenta números, e sim condições climáticas! A condição climática do momento, obviamente, interfere numa plantação e, portanto, o dado é uma ferramenta que influencia diretamente na jogada de cada um. 

Tempestade: cai um raio no bambuzal e o panda pula imediatamente para qualquer outro terreno à escolha do jogador, desviando do choque!

Vento: uma brisa sopra pelo bambuzal e dá direito ao jogador de realizar duas ações iguais na rodada, ao invés de duas diferentes.

Chuva: quando chove, o jogador pode colocar um novo segmento de bambu em qualquer terreno irrigado à sua escolha.

Sol: o dia está lindo e o jogador da rodada ganha uma ação extra. 

Nuvem: o dia não está tão lindo assim, mas temos que trabalhar do mesmo jeito, né? Para aumentar o ânimo, o jogador da rodada ganha uma pecinha de melhoria à sua escolha. Se não houver nenhuma na reserva, ele pode escolher o efeito de qualquer outra face do dado.

Interrogação: o lado coringa do dado permite ao jogador da vez ser o Senhor do tempo e decidir qual vai ser a qualidade climática de sua jogada. 

Cartas de objetivo

Takenoko jogo: objetivos
Takenoko: cartas de objetivo

As cartas de objetivo ditam os caminhos que cada jogador vai precisar fazer no jogo! Elas estão divididas em três categorias e possuem tarefas que valem determinada quantidade de pontos. 

Os objetivos de terreno mostram configurações com cores e formatos diferentes e, para que eles sejam completados, é necessário que a configuração mostrada se repita precisamente no tabuleiro. 

Os objetivos de jardineiro exibem diferentes quantidades de bambus que devem ser plantadas em diferentes terrenos e com diferentes melhorias. Mais uma vez, para que o objetivo seja completado, precisa existir no tabuleiro a situação exigida pela carta.

Por fim, os objetivos de panda significam comilança. Para cumpri-los, o jogador precisa movimentar o panda, comer segmentos de bambus das cores indicadas na carta e mantê-los na barriguinha de seu tabuleiro individual.

Tabuleiro individual

Takenoko jogo: tabuleiro individual
Takenoko: tabuleiro individual

É por meio dele que cada jogador controla suas jogadas. Nele é possível acompanhar as condições climáticas, funcionalidades e as ações possíveis para cada jogada, bem como é nele que você armazena suas pecinhas de melhoria, irrigadores e brotos de bambu que o panda comer. 

Como jogar

O objetivo geral do jogo é cumprir os objetivos individuais das suas cartas e juntar o maior número possível de pontos. 

O término do jogo depende do número de jogadores participantes. No caso de uma partida entre dois jogadores, a rodada final começa quando uma das pessoas cumpre o seu nono objetivo. No caso de três jogadores, são necessários apenas oito objetivos. No caso de quatro, sete.

O primeiro jogador que cumprir os objetivos recebe, como um bônus, a carta da visita do imperador, que lhe soma mais dois pontos ao total. O vencedor da partida é quem conquistar mais pontos, independentemente do número de objetivos cumpridos. 

Quando o jogo começa, o único terreno existente no tabuleiro é o da fonte de água. É a partir dela que o bambuzal começa a ser construído. Cada jogador começa com três objetivos em mãos, um de cada categoria, e esse é o ponto de partida.

De acordo com os objetivos, os jogadores precisam pensar nas estratégias possíveis para alcançá-los por meio de suas ações que, em geral, são duas por rodada e podem ser:

  • Adicionar de um novo terreno ao tabuleiro (nesse caso, pega-se três da pilha e escolhe-se um para encaixar no bambuzal)
  • Pegar um irrigador e manter guardado em sua reserva para quando houver necessidade
  • Andar com o jardineiro, que fará crescer um segmento de bambu no terreno irrigado no qual ele encerrar seu movimento
  • Andar com o panda, que comerá um segmento de bambu no terreno em que encerrar seu movimento
  • Comprar uma nova carta de objetivo da pilha

À medida que o jogo vai evoluindo e novas peças de terreno vão sendo adicionadas ao bambuzal, as possibilidades vão aumentando e a partida se torna mais dinâmica!

Takenoko jogo: tabuleiro dinâmico
O tabuleiro é totalmente dinâmico e formado ao longo de cada partida, o que faz com que toda rodada seja única!

Esperamos que depois dessa apresentação você também tenha ficado com vontade de jogar e curtir essa deliciosa história! Para comprar, é só clicar no botão abaixo!

Takenoko jogo: caixa
Imagem: Reprodução/Amazon

Link para comprar na Amazon

Analu Bussular

Analu Bussular

Jornalista e produtora de conteúdo, nunca se cansa de falar de livros na internet e está sempre ouvindo Taylor Swift. Nas horas vagas é sommelier de batatas fritas.

Este artigo tem 3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top