skip to Main Content
Pessoas Colocando Um Patins Inline Nos Pés.

Qual o melhor patins para iniciantes? Dicas de modelos!

Para além de um hobby, a patinação pode ser considerada um esporte e uma arte. Os movimentos suaves originam danças, apresentações e muito mais. Se você está pensando em começar a praticar a atividade, saiba que entender qual o melhor patins para iniciantes é fundamental.

Um bom instrumento de patinação influencia diretamente na facilidade — ou na dificuldade — que você sente para aprender a deslizar sobre rodas. Afinal, um bom patins garante estabilidade, movimentação suave, segurança e qualidade de materiais.

Antes de escolher qual o melhor patins para iniciantes, no entanto, é preciso definir em qual tipo você irá se aventurar.

Patins inline x patins quad

Existem dois tipos de patins no mercado: o inline e o quad. É importante entender a diferença entre eles porque as técnicas para aprender a andar em cada um mudam de acordo com o modelo.

O inline possui as rodas em linha, como o próprio nome sugere, de forma que elas se encontram uma atrás da outra. O breque se encontra atrás do patins, de forma que, para frear, é preciso inclinar os dedos do pé para cima.

Já o quad organiza as rodas como um carro: duas na frente e duas atrás. O breque, por sua vez, fica na frente, de forma que a melhor forma de parar é colocar um dos pés com a ponta no chão.

Garotas patinando. Uma está com o quad e a outra com o inline.
A diferença mais marcante entre o inline e o quad é a distribuição das rodas.

Entender a diferença entre eles e escolher qual modelo te agrada mais influencia diretamente no seu propósito com o patins. O quad é, geralmente, considerado mais fácil na hora de aprender a se movimentar, pois as rodas estão bem distribuídas — o que ajuda no equilíbrio. Ele também é mais indicado para andar pela cidade e para momentos de diversão.

Já o inline tende a ser mais difícil de ficar em pé, pois as rodas estão alinhadas, porém conta com a vantagem de ser o melhor para pegar velocidade e fazer manobras. 

Uma dica, antes de definir qual comprar, é buscar por vídeos de pessoas andando nos dois tipos de patins. Dessa forma, consegue visualizar — e imaginar — qual irá te divertir mais. 

Patins inline para iniciantes

Entendendo as diferenças entre os modelos, é hora de conhecer opções de patins inline para iniciantes. Todas as indicações desta lista possuem ótima procedência e são de marcas que trabalham com qualidade, visto que é melhor investir em um item que durará mais tempo, pensando em custo-benefício.

1. Legacy Pro 84 

A Fila é reconhecida mundialmente devido à qualidade de seus produtos, que são resistentes, confortáveis, tecnológicos e combinam esporte com estilo.

O Legacy Pro 84 possui base de alumínio, para mais segurança e durabilidade, rodas de 84 mm e rolamento Abec 7, um modelo considerado intermediário. O sistema de ventilação airflow permite respirabilidade e conforto enquanto desliza com o patins.

O modelo é ideal para uma patinação ágil, fácil e agradável. A bota — chamada de cuff  — é alta e possui um sistema com três fechamentos: velcro, cadarço e catraca. Dessa forma, o Legacy Pro 84 fica bem encaixado ao pé e a patinação se torna mais segura.

Imagem: Reprodução | Amazon

2.  Houdini 

Um dos melhores modelos da Fila para iniciantes, o Houdini é conhecido por ser adaptável, pois ele pode funcionar com quatro rodas, como um inline tradicional, ou com apenas três, transformando-se em um tri skate (uma modalidade de patinação para quem gosta de mais velocidade e desempenho).

As rodas possuem 80 mm, e o rolamento segue o padrão Abec 7. Para mais segurança, a bota é rígida e possui sistema de amarração com cadarço e fivela.

A base é em alumínio, para mais durabilidade, e o Houdini conta com a tecnologia Zero Shock, que absorve impactos no calcanhar durante saltos e manobras.

Imagem: Reprodução | Amazon

3. Vollo Sports laranja

Para quem busca uma opção financeiramente mais acessível, o Vollo Sports laranja é uma boa pedida. Disponível na numeração 28 a 42, é um modelo para adolescentes e adultos.

A estrutura é produzida em plástico reforçado, com base em alumínio para mais segurança e para sustentação. A bota é ajustável e possui um sistema com três fechos: velcro, fivela e cadarço. A parte de dentro é revestida de espuma, para mais conforto.

Por ser um modelo mais barato, não é extremamente tecnológico e pode não ter uma vida útil tão longa. No entanto, se seu propósito for apenas patinar por lazer, sem muitas manobras, o Vollo laranja é uma ótima escolha.

Imagem: Reprodução | Amazon

4. Zetrablade

A última opção da lista é o Zetrablade, fabricado por uma das marcas mais famosas do mercado, a Rollerblade — inclusive, o patins inline é conhecido popularmente como roller devido a ela!

O Zetrablade é um modelo feito especialmente para iniciantes. As rodas possuem 80 mm, são macias e o rolamento é do tipo SG5, superior ao Abec e super-resistente.

A bota interna é removível para higienização e pode ser presa ao pé por cadarços e por presilhas, para mais segurança ao patinar. 
A marca salienta, ainda, que o Zetrablade é um modelo ideal para quem busca praticar patinação fitness.

Imagem: Reprodução | Amazon

Patins quad

Para quem prefere ficar longe das manobras e da alta velocidade, de forma que busca uma patinação divertida e com a graciosidade nos movimentos, o quad é uma ótima escolha. Confira alguns modelos!

1. Candy Girl

Disponível nas cores preta com turquesa, branca com rosa e turquesa com rosa, o Candy Girl é um modelo fabricado pela Roller Derby, uma marca tradicional no mercado da patinação.

A bota é produzida em material sintético e possui bastante rigidez, o calcanhar e a região dos dedos contam com reforço, as rodas possuem 58 mm e o rolamento segue o padrão Abec 5, uma categoria intermediária.

Com o design encantador e os materiais intermediários, o único ponto negativo do Candy Girl é o freio, que não possui altura ajustável.

Imagem: Reprodução | Amazon

2. Candy Girl Carlin

O Candy Girl Carlin é um modelo revestido com camurça e disponível nas cores turquesa e rosa. O calcanhar e a região dos dedos possuem reforço, para diminuição de impactos. 

A parte inferior do patins é desenvolvida completamente em alumínio de alta resistência, para que o produto dure. A bota é alta e rígida, com revestimento próximo à perna para mais conforto ao patinar.

As rodas possuem 66 mm e o rolamento segue padrão Abec 5, o que permite alcançar uma velocidade intermediária com o patins.

Imagem: Reprodução | Amazon

3. Verve

Para quem prefere uma opção mais clássica, o Verve está disponível na cor preta e branca.  É fabricado pela Fila e vem com rodas de 58 mm e com rolamento Abec 7.

A bota é estruturada com reforço sintético na parte externa, para que fique bem acomodada ao pé. A base é de alumínio, para mais segurança e resistência.

Imagem: Reprodução | Amazon

4. Logo Black

Unindo charme e simplicidade, o Logo Black, feito pela Fila, é um modelo revestido de camurça extremamente confortável, moderno e despojado.

As rodas possuem 54 mm e o modelo possui rolamento Abec 5, uma categoria intermediária que permite alcançar uma velocidade média.

Imagem: Reprodução | Amazon

Equipamentos de proteção

Se você está pensando em começar a patinar, saiba que os equipamentos de proteção são fundamentais. Estar sobre rodas requer que encontremos o ponto de gravidade ideal e, até lá, é comum que alguns tombos aconteçam.

Cair é normal, claro, porém pode resultar em problemas caso você não esteja seguro. Por isso, separamos os principais equipamentos de proteção necessários na hora de patinar.

1. Kit de proteção da Fila

Com joelheira, cotoveleira e protetor de punho, este kit da Fila vem com equipamentos que protegem pontos específicos do corpo, os quais geralmente atingem o chão ao cair. Mãos, joelhos e cotovelos ficarão sem arranhões com este conjunto!

Imagem: Reprodução | Amazon

2. Kit de proteção da Mormaii

Composto de joelheira, cotoveleira e protetor de punho, essa opção é fabricada pela Mormaii. Possui fechamento em velcro e os equipamentos são bem revestidos e confortáveis, para não atrapalhar a patinação.

Imagem: Reprodução | Amazon

3. Capacete da Vollo

Conforme você desenvolve as técnicas de patinação, aprende macetes para não cair. No quad, por exemplo, uma dica é dobrar os joelhos para a frente, pois isso estimula o ponto de equilíbrio e reduz o risco de queda.

Ainda assim, é importante contar com um bom capacete para, se acontecer de você cair de costas, não bater a cabeça no chão — um acidente que pode gerar graves consequências.

Esta opção, fabricada pela Vollo, é resistente, leve, confortável e vem com regulagem. É indicada para andar de skate, de patinete e de patins.

Imagem: Reprodução | Amazon

4. Capacete da Atrio

A última dica é este capacete fabricado pela Atrio. Produzido no formato coquinho, ele protege a maior parte da cabeça, tanto na frente quanto atrás. O produto vem com regulagem.

Imagem: Reprodução | Amazon

Escolher qual o melhor patins para iniciantes é uma atividade que requer análise do seu propósito como futuro patinador, de quanto você pode pagar pelo produto e, por fim, da escolha dos equipamentos de proteção.

Lembre-se que é comum sentir certa dificuldade no começo e que tombos serão normais. Por isso, esteja seguro e comece devagar, sem cobrar muito de si e com ajuda, se possível. No YouTube, por exemplo, existem vídeos de patinadores profissionais dando dicas. Tire um tempo para assisti-los.

A Amazon possui uma categoria específica com itens de patinação. Clique na imagem abaixo e compre tudo que você precisa!

victor matheus

victor matheus

pesquisador de literatura com ênfase em arte moderna e contemporânea. usa da língua e da linguagem para entender os seus desdobramentos na sociedade. sonha em ser amigo do adorno, mas nasceu tarde demais.

Este artigo tem 0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top